Publicidade

Tranduza (Translate)

Mostrando postagens com marcador Sinusite. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sinusite. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

A Verdadeira Causa da Sinusite Segundo a Mayo Clinic

 Congestão Nasal

O criminoso oculto da sinusite – encontrado em 96% dos participantes de um estudo da Mayo Clinic


31/08/2016.

Por Dr. Mercola


A congestão nasal é geralmente causada por infecção ou alergia. Uma crença comum é de que a congestão nasal ou "nariz entupido" seja devido ao acúmulo de muco.
No entanto, a congestão ocorre com maior frequência por causa do inchaço dos tecidos nasais, causado pela inflamação dos vasos sanguíneos.
De modo geral, a congestão nasal pode estar relacionada a diversas indisposições, tais como:

  • Resfriado comum/gripe (bactéria ou vírus)
  • Sinusite (bactéria, vírus, mofo ou fungo)
  • Rinite alérgica ou outras alergias
  • Pólipos nasais
  • Rinite vasomotora (problema não alérgico)
  • Uso demasiado de sprays/gotas nasais
No caso de resfriado, gripe ou sinusite, a congestão geralmente desaparece em uma semana aproximadamente.
A sinusite crônica, por outro lado, pode durar meses ou até mesmo anos se tratada incorretamente.
Falarei a seguir sobre minhas recomendações de tratamento para a sinusite aguda e farei considerações especiais sobre a sinusite crônica, muitas vezes diagnosticada de modo errado.
Tendo isso dito, segundo um estudo recente no periódico PLoS Onei, as sensações de congestão nasal podem, em alguns casos, estar relacionadas à temperatura e umidade do ar inalado – talvez mais do que qualquer outro fator.

 

Como a temperatura e a umidade podem deixá-lo com o "nariz entupido"

 

Rinite é o termo médico para o "nariz entupido". A rinite vasomotora é um problema não alérgico, caracterizado por nariz com coriza, espirros e congestão nasal. As mudanças de temperatura e umidade também foram identificadas como fatores de causa em potencial. (Outros fatores incluem odores fortes, perfumes, fumaça, gases e luz solar forte.)
Os resultados do estudo apresentado indicam que a resposta sensorial do fluxo de ar nasal pode contribuir para a sensação de congestão e, alterando os níveis de temperatura e umidade do ar inalado, você talvez tenha algum alívio.


Qual é o nível ideal de umidade?

 

Segundo o Dr. Robert Ivker, MO, ex-presidente da Associação Americana de Medicina Holística, o nível ideal de umidade relativa do ar para a saúde das cavidades nasais é entre 35% e 45%. Esse nível também é recomendado em geral para evitar danos causados pelo mofo na sua casa.
(Para saber com precisão a umidade relativa na sua casa, é preciso usar um higrômetro, disponível na maioria das lojas de produtos para o lar.) No estudo em questão, os dois tipos de ar associados ao alívio mais eficaz da sensação de congestão foram:

  1. Ar frio, e
  2. Ar seco em temperatura ambiente
Se a sua casa ou escritório for muito úmido (mais de 45%), talvez você queira reduzir o nível de umidade do ar, uma vez que os níveis excessivos também podem causar o desenvolvimento de mofo e fungos que podem destruir a sua saúde (talvez isso até seja a causa das suas sinusites crônicas). Para diminuir a umidade do ar:

  • Use um desumidificador
  • Ligue o ar-condicionado
  • Tome banhos mais frios e mais curtos
  • Instale ventiladores na sua cozinha e banheiros e deixe-os ligados por algum tempo depois de ter cozinhado ou tomado banho
Tenha MUITO cuidado para certificar-se de que os níveis de umidade não estejam muito altos. Isso pode não ser devido à alta umidade externa, é mais comum que seja devido a algum tipo de infiltração na casa por um telhado, fundação ou tubulação com vazamento.
A alta umidade causa o surgimento de mofo e pode destruir a sua saúde como já falei anteriormente. O segredo, portanto, é descobrir a causa do aumento na umidade e resolvê-la. Seria bom usar um grande desumidificador comercial na sua casa para reduzir os níveis até que o problema seja reparado.
No entanto, sabe-se que o ar muito seco também aumenta as sensações de congestão nasal porque seca as membranas das cavidades nasais, causando irritação. Então, conforme as circunstâncias individuais, se o ar na sua casa for muito seco, aumentar o nível de umidade pode ajudar. Para aumentar a umidade do ar:

  • Use um vaporizador ou umidificador
  • Crie um banho a vapor tomando uma ducha quente ou enchendo a pia de água quente e colocando uma toalha sobre a cabeça enquanto se curva sobre a pia
  • Respire o vapor de uma xícara de chá

 

Você tem sinusite?

 

A sinusite ocorre normalmente quando as membranas mucosas do nariz e das cavidades nasais ficam irritadas por um resfriado, alergia ou poluição, por exemplo, fazendo com que fiquem inflamadas. Uma vez inflamadas, o movimento dos cílios (pelos que revestem as membranas mucosas e são responsáveis pelo movimento do muco sobre a superfície) fica mais lento.
Ao mesmo tempo, a irritação estimula as glândulas mucosas a secretarem mais muco do que o normal para diluir as bactérias.
Como resultado, o muco fica preso nas cavidades nasais, onde pode ser facilmente infectado.

É importante compreender que o antibiótico pode significar um desastre para esse problema. Se usado em longo prazo, pode causar complicações bem graves de difícil solução posteriormente, tais como a candidíase crônica e função imunológica prejudicada. Além disso, como falarei a seguir, a grande maioria dos casos de sinusite crônica pode ser devido à exposição a fungos e não a bactérias, sobre as quais os antibióticos não têm nenhum efeito. Entre os sintomas da sinusite estão:

  • Congestão e pressão nos olhos, bochechas e testa 
  • Muco espesso, verde ou amarelo 
  • Dor de dente
  • Sintomas de resfriado por mais de 10 dias 
  • Gotejamento pós-nasal (muco em excesso que escorre pela parte posterior da garganta) 
  • Fadiga


Cuidado com o diagnóstico errado da sinusite

 

A dificuldade dos problemas nas cavidades nasais é que eles são muitas vezes diagnosticados de modo equivocado. Os problemas nas cavidades nasais e pós-nasais podem, na verdade, ser um alerta de que você está sendo afetado por mofo ou fungos.
Na verdade, pesquisas feitas pela Mayo Clinic nos anos 90 indicam que QUASE TODAS as sinusites crônicas são causadas por fungos, mas quem recebe a culpa são as bactérias — tratadas equivocadamente com o uso de antibióticos. As descobertas foram publicadas em 1999 em dois periódicos: Journal of Allergy and Clinical Immunology e Mayo Clinic Proceedings.
Porém, a maioria dos médicos ainda desconhece esse estudo ou pelo menos a sua importância. Um comunicado à imprensa de 1999 feito pela Mayo Clinic relatava:

"Os pesquisadores da Mayo Clinic afirmam que descobriram a causa da maioria das sinusites crônicas: uma resposta do sistema imunológico aos fungos.
O estudo da Mayo Clinic indica que 96% das pessoas que sofrem de sinusite crônica são "sensíveis a fungos", o que significa que apresentam respostas imunológicas acionadas pela inalação de organismos fúngicos. Isso explica por que os antibióticos não são eficazes na sinusite crônica: eles atingem as bactérias, e NÃO os fungos.
Os antibióticos e os esteroides podem, na verdade, agravar as infecções fúngicas, destruindo o terreno biológico natural do seu corpo e criando uma área de incubação interna para desenvolvimento de outros fungos.
O ponto principal é que se você tem sinusite crônica, você DEVE tratá-la PRIMEIRAMENTE como uma infecção fúngica, e não como uma infecção bacteriana, mesmo que isso signifique ter que ensinar o seu médico.

 

Como tratar a sinusite sem medicamentos

 

Os seguintes tratamentos naturais podem ajudá-lo a resolver a sinusite aguda sem o uso desnecessário de antibióticos e medicamentos de venda livre, mantendo os cílios saudáveis e funcionando, evitando, assim, o acúmulo de muco em excesso nas cavidades nasais.

  1. Beba líquidos quentes, como chá ou canja de galinha. Isso ajuda a umedecer as membranas mucosas, acelerando o movimento dos pelos do nariz e removendo o muco das cavidades nasais mais rapidamente.
  2. Aplique compressas quentes no rosto três vezes por dia por cinco minutos. Uma pequena toalha embebida em água morna e colocada sobre o rosto, logo abaixo dos olhos e entre eles, ajuda a aumentar a circulação nas cavidades nasais, ajudando também a acelerar o movimento dos pelos.
  3. Irrigue as cavidades nasais. Um estudo de 2007 realizado pelos pesquisadores do Sistema de Saúde da Universidade de Michigan revelou que a irrigação salina diminui a congestão nasal de modo mais eficiente do que os sprays salinos. Isso parece funcionar ao diluir o muco, reduzir o inchaço nas vias nasais e remover resíduos, bactérias, alérgenos e substâncias inflamatórias do nariz, aliviando, assim, o inchaço que dificulta a respiração.
    Para fazer a sua própria solução salina sem conservantes, basta adicionar uma colher de chá de sal do Himalaia ou sal marinho para meio litro de água destilada. Certifique-se de usar uma solução salina que não contenha benzalcônio, um conservante que pode prejudicar a função nasal e causar sensações de picada e ardor.
  4. Limpe as cavidades nasais com um banho de aromaterapia. Para ajudar a abrir as vias e cavidades nasais congestionadas, pingue duas gotas de óleo de aromaterapia de eucalipto ou mentol em um recipiente com água quente e respire o vapor. No lugar do óleo de aromaterapia, a aplicação de um pouco de Vick VapoRub na pele abaixo do nariz também pode ser eficaz.
  5. Desobstrua as cavidades nasais com os alimentos certos. A raiz forte, colocada sobre um sanduíche, ou um pouco de mostarda wasabi japonesa também podem ajudar a abrir as cavidades nasais congestionadas.
  6. Eleve a cabeça para dormir.
  7. Tire o pó do quarto. A poeira e os ácaros podem destruir suas membranas mucosas, principalmente quando você está dormindo e os pelos do nariz estão parados. O uso de um purificador de ar com filtro HEPA também ajuda a manter o ar livre de alérgenos.

 Como evitar a sinusite antes que ela surja

 

A baixa qualidade dos alimentos, a exposição em excesso a produtos químicos tóxicos e um estilo de vida de alto estresse oferece a você maior risco não só de sinusite, mas de qualquer doença. Manter um sistema imunológico forte e criar um ambiente hostil para a proliferação de bactérias e fungos podem ajudar a evitar o surgimento de problemas e infecções nas cavidades nasais.
A seguir listo algumas estratégias básicas para manter seu sistema imunológico em excelente forma:

  1. Evite comer açúcares ou grãos
  2. Tome um suplemento de ômega 3 de origem animal de alta qualidade, como o óleo de krill, que atua como um potente anti-inflamatório
  3. Melhore seus níveis de vitamina D expondo-se bastante ao sol durante todo o ano. Como alternativa, use uma cama de bronzeamento artificial segura (uma cama com lastros eletrônicos em vez de lastros magnéticos, para evitar a exposição desnecessária a campos eletromagnéticos. O bronzeamento seguro também tem menos raios UVA perigosos do que a luz solar.) Se nenhuma dessas opções for viável, então você deve tomar um suplemento oral de vitamina D3.
  4. Consuma óleo de coco orgânico. O óleo de coco é rico em ácido láurico, conhecido por suas propriedades antivirais, antibacterianas e antifúngicas
  5. Durma bem
  6. Faça exercícios regularmente
OBS minha, Sílen: Uma boa opção que já usei quando tive sinusite foi o tratamento homeopático prescrito por um médico (homeopata).