Publicidade

Tranduza (Translate)

Mostrando postagens com marcador Probióticos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Probióticos. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Máscara de Kefir de Leite para Pele Normal, Oleosa e Acneica, Seca e Mista

Resultado de imagem para kefir mask
Você provavelmente já ouviu falar sobre os tremendos benefícios à saúde do kefir de leite. É um produto muito valioso para o nosso corpo, não só dentro, mas também fora - para a nossa pele. Ele ajuda a rejuvenescer a pele e a se livrar de alguns dos problemas associados com acne, vermelhidão, inflamação e até mesmo de micoses e eczemas.

A máscara facial de Kefir ajuda a recuperar e regular o equilíbrio ácido / alcalino nas células e a microbiota presentes na pele (devido aos lactobacilos e outras cepas de bactérias e leveduras benéficas do kefir). Além disso, Kefir contém ácido alfa-hidroxi (AHA) - uma forma de ácido láctico que equilibra os níveis de pH do nosso corpo, ajudando assim a reduzir as rugas e retardar o processo de envelhecimento. Os lactobacilos e outras cepas de bactérias e leveduras benéficas presentes na máscara facial de Kefir purificam perfeitamente a pele de substâncias nocivas e poeira, também fornecendo viço e elasticidade.
 

A máscara Kefir também contém aminoácidos que são extremamente importantes e componentes integrais para hidratação e nutrição ativa da pele. Além disso, estes aminoácidos também desempenham o papel de antioxidantes e não permitem que a pele perca o viço e resseque.
Máscaras faciais de Kefir são absolutamente adequadas para qualquer tipo de pele. Você pode usá-las em combinação com berries (orgânicas), ervas medicinais, mel, clara de ovos e outros produtos lácteos.

Máscara de kefir para a Pele Oleosa e Propensa a Acne

Se você quiser se livrar das espinhas e reduzir a secreção oleosa da pele, o kefir vem para salvá-la(o)! Você pode usá-la tanto interna como externamente!

Como você já sabe, kefir normaliza os processos digestivos. Mas você pode não saber que a digestão afeta grandemente a pele - se houver um monte de toxinas acumuladas no seu intestino, a primeira coisa que você irá notar em sua pele é o aparecimento de acne e uma aparência oleosa.

A acne também está relacionada a picos glicêmicos no sangue e ao glúten, portanto evitar o consumo de carboidratos simples e de glúten (trigo, cevada, centeio e aveia) é fundamental. Alguns exemplos de
carboidratos simples são o açúcar refinado, xarope de milho, doces, geleias de frutas, arroz branco, macarrão (não integral), bolos e pães (feitos com farinhas brancas), sucos e refrigerantes.

Beber kefir vai ajudar normalizar sua microbiota intestinal, a destoxificar o organismo e na melhora da absorção de nutrientes. Saiba mais sobre os benefícios Kefir aqui.


Preparo da Pele

Faça uma pasta com duas colheres de chá de bicarbonato de sódio P.A. ou 99% (encontrado em farmácias) e uma colher de chá de água filtrada ou mineral, misture bem e aplique no rosto com suaves movimentos circulares, enxágue com água fria e então, aplique uma das máscaras a seguir de acordo com seu tipo de pele.
A esfoliação pode ser feita de 3-4 vezes por semana.

Máscara Kefir para a Pele Normal 

Misture bem 2 colheres de sopa de kefir com 1 ovo (preferencialmente caipira e orgânico) e 1 colher de sopa de mel e aplique em seu rosto por 15-20 minutos. Enxágue com água morna e depois fria.

Máscara Kefir para a Pele Oleosa

Misture bem 2 colheres de sopa de kefir com 1 clara de ovo (preferencialmente caipira e orgânico) e 1 colher de sopa de mel e aplique em seu rosto por 15-20 minutos.
Enxágue com água morna. Esta máscara vai ajudar a se livrar do brilho oleoso, purificar e proteger contra a influência nociva do meio ambiente.

Máscara Kefir para a Pele Seca

Esta máscara propiciará uma nutrição e hidratação incrível a pele do seu rosto, se você tem pele sensível ... ela simultaneamente limpa e protege
a pele. Misture 2 colheres de sopa de kefir com 1 colher de chá de azeite extravirgem ou de óleo de coco extravirgem ou virgem e 1 gema de ovo (preferencialmente caipira e orgânico). Misture bem e aplique sobre a pele por 15-20 minutos. Enxágue primeiro com água morna e depois fria.

Máscara Kefir para a Pele Mista

Use nas regiões oleosas, a mácara para pele oleosa e nas regiões secas, a máscara para pele seca. Aguarde de 15-20 minutos e enxágue com água fria. 


Você pode fazer estas máscaras pelo menos uma vez ao dia, uma vez que não tem efeitos colaterais ou pode também aplicar o kefir puro.

Fontes: 

http://www.lahealthyliving.com/natural-remedies-remedies/kefir-mask-for-your-face-beneficial-bacteria-for-the-skin/ 

http://homeremediesforlife.com/baking-soda-for-skin-whitening/


sexta-feira, 10 de julho de 2015

Como Preparar Vegetais Fermentados com Grãos ou Soro Fermentado de Kefir

Como preparar vegetais fermentados com grãos de Kefir 

Vegetais fermentados são excelentes para a saúde, seus benefícios são:

  • Fortalecem o Sistema Imunológico;
  • Ajudam o organismo a se desintoxicar;
  • Produzem vitaminas do complexo B e K2 (clique aqui para assistir a um vídeo do Dr. Mercola sobre os benefícios das vitaminas K1 e K2).

 Vegetais fermentados com Kefir são alimentos ricos em probióticos e vitaminas C e K2, e possuem poucos carboidratos. Diferentemente do Sauerkraut (Chucrute), que pode levar semanas para fermentar, o uso de grãos de Kefir estimula um processo de fermentação mais rápida com uma menor oxidação dos nutrientes e maiores quantidades de vitamina K2. Os grãos de Kefir são adquiridos por doação. Saiba como obtê-los (ao final do post a seguir) e como cultivá-los aqui.


O que você precisa?


Ingredientes (de preferência orgânicos). Os ingredientes desta receita podem ser variados de acordo com o seu gosto, mantendo sempre o repolho nesta quantidade (80% da quantidade total de vegetais). É importante mencionar que o sabor do alho, do gengibre e das pimentas fica mais intenso com a fermentação, logo use pequenas quantidades dos mesmos:
  • Repolho verde ou roxo com folhas densas (5 a 6 cabeças médias de repolho rendem 10 a 14 potes de 1 litro de vegetais fermentados).
  • Cenoura
  • Dentes de alho (1 a 3, dependendo da quantidade utilizada dos demais vegetais)
  • Salsa, coentro, alecrim, manjericão, orégano, endro, etc. Escolha as ervas aromáticas de acordo com seu gosto, elas também podem ser misturadas
  • Gengibre
  • Beterraba
  • Batata Doce
  • Pimentão (1 pequeno para 12 a 14 potes).  Só utilize se encontrá-lo orgânico, pois o de cultura convencional é carregado de agrotóxicos
  • Maçã Verde (só a utilize se encontrar a mesma orgânica, pois a de cultura convencional é carregada de agrotóxicos)
  • Pimenta Habanero. Para manuseá-la, use luvas de borracha ou de látex, pois pode queimar a pele.
  
Instruções
  1. Lave os vegetais sob água corrente com uma escova (exceto as folhas que devem ser lavadas em água corrente apenas), deixe-os de molho em água filtrada com vinagre de maçã ou de vinho (100 ml de vinagre para cada litro de água adicionada), deixe-os de molho por 20 minutos, escorra a água e enxague-os. Remova as folhas externas do repolho (de preferência orgânico) e reserve-as. Corte o repolho em fatias que sejam de aproximadamente 6 mm ou rale-o ou coloque-o num processador de alimentos.
  2. Descasque os vegetais que possuem casca. Corte todos os demais vegetais em pedaços grandes e coloque-os no processador de alimentos (cada tipo de vegetal separadamente). Após isto, coloque-os em uma bacia grande.
  3. Adicione 2 colheres de chá de sal marinho integral (flor de sal ou sal rosa do Himalaia) e misture bem todos os vegetais em uma bacia.
  4. Posicione metade dos grãos de kefir no fundo da jarra, e encha o recipiente com metade dos vegetais, pressionando cada camada firmemente com suas mãos ou com o pilão ou socador de feijão, esmague pequenas quantidades até que o seu suco seja liberado. Adicione a outra metade dos grãos de kefir em cima dos vegetais comprimidos, e continue a encher o recipiente com vegetais até que ¾ do volume total do pote estejam preenchidos (cubra até 2,5 cm acima dos vegetais e deixe 2,5 cm livres até a boca do frasco).
  5. Certifique-se de que os vegetais estejam completamente submersos no líquido. Se não, adicione água (filtrada) ou os amasse mais até que os vegetais estejam submersos. Coloque um pedaço da folha de repolho em cima dos vegetais, suficiente para cobri-los, selando os ingredientes que estão abaixo. Coloque a tampa, mas não a feche completamente (deixe-a um pouco aberta), pois a fermentação produz gases que podem estourar o vidro se estiver completamente fechado.
  6. Deixe o(s) frasco(s) com os vegetais em lugar fresco com temperatura controlada (dentro de um cooler ou isopor tampados e afastados do chão (sobre uma mesa, por exemplo) ou ainda, em um forno desligado com a lâmpada acesa) por 3 a 4 dias no verão e 7 dias no inverno.
  7. Após este período, retire-os do cooler ou do isopor ou do forno e conserve-os na geladeira.
  8. Pode ser consumido com saladas ou puro. 
Validade: Conservado na geladeira, dura aproximadamente 4 meses, manter os vegetais sempre abaixo do nível do líquido. 

Outra opção aos grãos de kefir é utilizar o soro de leite fermentado com kefir 

A receita será a mesma, apenas substituindo os grãos pelo soro do Kefir de leite. Este será adicionado aos vegetais quando estiverem já triturados na bacia e serão misturados (manualmente):
- 250 ml de água
- 2 colheres (chá) de sal marinho integral
- 3 colheres (sopa) de whey ou soro de leite fermentado com kefir (saiba como prepará-lo aqui e aqui)

Fontes: 

http://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2013/06/01/fermented-vegetables.aspx%C2%A0

http://www.ehow.com.br/preparar-vegetais-fermentados-graos-kefir-como_254856/

http://coisinhasdabarbara.blogspot.com.br/2012/11/receita-de-kefircrute-chucrute-com.html 

http://portuguese.mercola.com/sites/articles/archive/2016/08/16/fermentar-hortalicas.aspx?utm_source=facebook.com&utm_medium=referral&utm_content=facebookmercolaport_lead&utm_campaign=8162016_fermentar-hortalicas 

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Receita de Cream-Cheese Feita com Kefir

O cream-cheese feito com leite fermentado com Kefir, é apenas o ínício da etapa, com ele você pode fazer inúmeras receitas doces ou salgadas.

A primeira coisa que você vai precisar são os grãos do Kefir de Leite, se ainda não tem, peça sua doação de kefir (você paga o frete), verifique o doador mais próximo e solicite o email do doador, clique e abra o link: Lista de Doadores de Kefir. Veja mais locais de doação e saiba mais sobre os inúmeros benefícios do probiótico Kefir aqui.

COMO FAZER


Numa jarra:

  • Adicione 500 ml de leite frio ou gelado
  • 1 colher de sopa de grãos de Kefir
Cubra bem e deixe fermentando por 12 horas (se gostar de cream-cheese menos ácido)
ou deixe fermentando por 24 horas, fora da geladeira se estiver em temperatura amena,
no verão com calor extremo, sugiro guardar na geladeira após a separação do soro,
em algumas vezes, em menos de 4 horas o seu leite já fermentou.

Misture tudo com uma colher.
Coe, separe o leite fermentado dos grãos com o auxílio de uma peneira de malha grossa.

Coe seu leite fermentado com Kefir

Em seguida, utilize um coador de café feito com nylon, de uso especial para
coar seu leite fermentado com Kefir, não o utilize para outros fins.
Coloque seu coador em uma recipiente alto o suficiente para o soro drenado
não atingir o fundo do coador. 

Tampe e leve a geladeira para d
renar seu leite fermentado. O soro escorrerá para o recipiente, enquanto a parte sólida permanecerá no coador.

O tempo de drenagem:
Para obter um cream-cheese molhadinho deixe cerca de 4 horas.
Ideal para consumi-lo com frutas e geleias.

Se desejar uma consistência mais firme, esse prazo deverá ser bem maior, de 12 a 24 horas.
Ideal para receitas de cheesecake e outras receitas salgadas.

Optei pelo meio termo, deixei 8 horas drenando dentro da geladeira.
Pois gosto de fazer pasta temperada com azeite e ervas para passar nos pães e torradas.
É delicioso! Muito, muito melhor que os cream-cheese comerciais que não tem propriedades probióticas do Kefir.


Rendimento: de 150 g a 200 g de cream-cheese.
Validade do cream cheese: 1 mês em geladeira.

Cream-cheese com ervas 

Faça Tiramisu com o cream-cheese, 

ou faça uma Lasanha de Chocolate :

Lasanha de Kefir

AH, mas não acabei! E o Soro? Jogo fora?
NÃO, com ele podemos fazer maravilhas também!
Leia mais aqui:
Como reaproveitar o soro do leite fermentado com Kefir. 


Validade do soro: 6 meses em geladeira.

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Como fazer Whey Protein e Yakult com o Kefir de Leite

Editado em 24/05/2015.

Em outro artigo, mostrei como fazer o cream-cheese com kefir, o assunto ficou extenso e resolvi dividi-lo em partes para facilitar.


A primeira coisa que você vai precisar são os grãos do Kefir de Leite, se ainda não os tiver, verifique os links de doação destes ao final do seguinte post: Os inúmeros benefícios do probiótico Kefir.


Ao filtrarmos o leite fermentado com kefir, teremos 2 subprodutos:
O cream-cheese probiótico e o soro probiótico de kefir, cuja proteína é conhecida como o whey.


Não podemos desprezar o soro resultante da filtragem do leite fermentado com kefir, ele tem várias aplicações em nossa alimentação.


As aplicações do soro de leite na indústria alimentícia são várias, desde bebidas lácteas até sorvetes e bolos. Devido a seu alto valor nutritivo, a proteína do soro pode ser isolada e sua aplicação está relacionada com melhoramento do rendimento esportivo em atletas amadores ou profissionais.

Kefir Alimento Probiótico
Utilize coador de nylon (de café) e separe o soro


Kefir Alimento Probiótico
Soro de kefir drenado

Kefir Alimento Probiótico


E que tal fazer uma bebida probiótica com soro do leite fermentado com kefir? 
Antes que me perguntem, a bebida não fica igual ao original! Nem a concorrência
conseguiu imitar o verdadeiro sabor da bebida, mas faça e aproveite as propriedades
probióticas do kefir e ofereça uma bebida infinitamente mais saudável as crianças e
sem excesso de açúcar e corantes.

Receita de "Yakult"  genérico com Kefir
  • 100 ml do soro também chamado de kefiraride
  • 50 ml do leite fermentado com kefir de leite
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavo
  • 1 gotinha de extrato de baunilha natural (ou compre sua fava aqui e aprenda como fazer o extrato de baunilha natural aqui)
Misture tudo e sirva gelado.

Quando o leite é transformado em queijo, o soro desse leite é filtrado e separado.
O resultado é o whey, uma proteína de altíssima qualidade.

É a base de muitas bebidas de proteína para atletas ou outras pessoas que desejam construir ou reparar tecidos musculares quando oferecido como uma bebida de proteína, geralmente é encontrado em forma de pó.
O subproduto é também um suplemento importante para aqueles que têm mobilidade limitada nos membros, em que contribui para a prevenção de atrofia, ou definhamento, de células musculares.
A Proteína do soro do leite, sendo seu nome comercial mais conhecido como Whey Protein, é uma proteína de baixo peso molecular obtida do soro do leite através de um processo de troca iônica , o que proporciona o mais alto valor biológico de proteína e capacidade de absorção.
Possui alto teor de aminoácidos essenciais e de cadeia ramificada BCAA, necessários para o ganho de massa muscular magra.
Kefir Alimento Probiótico
Whey Protein
Conhecida por conter altos teores de Lactoalbumina, nome genérico com o qual os cientistas batizaram a proteína, este complemento alimentar possui pequenas concentrações de gordura e proteína de elevado grau de pureza. 
As proteínas do soro representam até 20% das fontes proteicas de alimentação, e estão divididas em quatro grupos: caseínas, proteínas do soro do leite, proteínas das membranas dos glóbulos de gorduras e outras.
A proteína do soro do leite é comercializada de diversas formas para consumo, de acordo com a necessidade de concentração do consumidor. 
Os médicos recomendam consultas a especialistas antes de se consumir este produto (fonte).  

OBS: O máximo a ser consumido do Whey de Kefir é 100 ml ou ,eio copo americano por dia, pois pode provocar diarreia.

Outra utilidade do soro do leite de kefir:

 

Nas Leguminosas (feijão, ervilha, grão de bico e lentilha)


Usar na imersão de leguminosas para aumentar a sua digestibilidade e conteúdo nutricional e para neutralizar o ácido fítico. 

Deve-se deixar 1 kg de feijão de molho na água filtrada com 2 colheres de sopa ou mais de soro, trocar a água a cada 12 h, enxaguar e adicionar mais 2 colheres de sopa do soro à água com feijão e após 24 h descartar esta água e enxaguá-lo bem.

Após este período, cozinhe em panela de cerâmica certificada com tampa em fogo baixo e com água filtrada. 

Evite o uso da panela de pressão que após o micro-ondas, é o pior método de cocção, pois remove grande parte dos nutrientes dos alimentos.

Nos Cereais Integrais


Muito se recomenda o consumo de grãos integrais, porém as cascas desses são ricas em fibras insolúveis, estes alimentos tendem a conter um teor maior de ácido fítico.

A dica é deixar os cereais de molho em água morna acrescidos do soro do leite de kefir por no mínimo uma noite (por 8 a 12 h), inclusive a quinoa. Deixar de molho neutraliza inibidores enzimáticos presentes em todas as sementes e estimula a produção de outras enzimas benéficas, cuja ação aumenta a quantidade de vitaminas disponíveis, especialmente as do complexo B.


O ácido fítico provoca gases, "sequestra" minerais essenciais como o
cálcio, magnésio, ferro e zinco e, portanto, pode contribuir para deficiência destes minerais em pessoas cuja dieta seja baseada em alimentos que são ricos em ácido fítico. Desta forma, o mesmo é um antinutriente. Para pessoas que já possuam um baixo consumo de minerais essenciais, seus efeitos podem ser indesejáveis.


OBS1: Validade do soro: 6 meses em geladeira.
OBS2: Caso você não possua o soro, pode utilizar 2 colheres de sopa de limão.


Gelatina de Mel  e Whey
Kefir Alimento Probiotico
Gelatina de whey
Materiais (2 porções):
  • Soro de leite: 10 colheres de sopa;
  • Gelatina em pó incolor ou ágar-ágar: 3 a 4g;
  • Açúcar mascavo ou demerara ou mel: 10 a 15g;
  • Suco de limão: 1 colher de sopa.
Aqueça e dilua a gelatina em um pouco de água, e acrescente os demais.
Enfeite com pedaços de frutas

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Os Inúmeros Benefícios do Probiótico Kefir

grao1
Editado em 04/01/2017. 
Há muito tempo, a conservação de alimentos era realizada através de lactofermentação, um processo que adiciona uma série de micro-organismos benéficos aos alimentos. Isso faz com que estes sejam mais fáceis de digerir, e ajuda a aumentar a microbiota saudável em nosso trato intestinal.

Porque a fermentação é um processo inconsistente, processadores de alimentos comerciais desenvolveram técnicas como a pasteurização - um método que destrói dezenas de enzimas preciosas - para ajudar a padronizar a produção.

Infelizmente, acredito que a cultura moderna sacrificou muitas das vantagens de alimentos saudáveis ​​tradicionalmente fermentados por métodos mais rápidos e mais baratos de produção em massa. Acredito que é hora de voltar para os alimentos do passado que dão suporte à saúde.

O kefir há muito tempo é consumido no Cáucaso uma região da Europa oriental e da Ásia ocidental, entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, que inclui a cordilheira do Cáucaso e as planícies adjacentes.

Hospitais na ex-União Soviética usavam o kefir de leite (animal) para tratar a aterosclerose, doenças alérgicas, distúrbios digestivos, distúrbios gastrointestinais, tuberculose e até mesmo câncer (fonte).
Por que Você Deve Beber Kefir?

Kefir, que significa "sentir bem" em turco, é um alimento rico em enzimas cultivado no passado e repleto de micro-organismos amigáveis ​​que ajudam a equilibrar o seu "ecossistema interior" e a manter a saúde ótima.

Atualmente a microbiota intestinal é conhecida com um órgão, tamanha é a sua importância no corpo humano na prevenção de doenças, a imunidade. A microbiota intestinal é um órgão virtual


Entre seus muitos poderes benéficos: o sabor ácido e refrescante do Kefir é semelhante ao de um iogurte , e que contém leveduras benéficas, bem como as bactérias amigáveis ​​"probióticas" encontradas no iogurte. Quando usado regularmente, as bactérias naturais e leveduras do Kefir:

  • Promovem a função intestinal normal, ou seja, regularizam o trânsito intestinal;
  • Equilibram sua microbiota intestinal e promove a restauração da microbiota intestinal nos acometidos ou não por doenças inflamatórias intestinais como Doença de Chron e retocolite Ulcerativa [1];
  • Melhoram o sistema imunológico e tem propriedades ANTICANCERÍGENAS (melhora a imunidade no combate à diferentes tipos de câncer através da ativação das células NK, ou Natural Killers) [2];
  • Melhoram a reperfusão dos tecidos acometidos por isquemia, portadores de cardiopatias e AVC [3];
  • Melhoram o sistema digestivo;
  • Eliminam a compulsão alimentar, por manter o organismo mais nutrido e equilibrado
    Melhoram a absorção e, consequentemente, os níveis de vitaminas (B1, B2, B5, B12, K, ácido fólico e biotina), minerais (cálcio, magnésio e fósforo) e aminoácidos essenciais (em especial o triptofano);
  • Normalizam o seu peso;
  • Auxiliam na utilização de carboidratos, gorduras e proteínas para crescimento e geração de energia;
  • Melhoram os níveis de açúcar no sangue, o Kefir de leite, é baixo índice glicêmico. Alimentos de baixo índice glicêmico podem regular a quantidade de insulina produzida pelo pâncreas, sendo úteis para as pessoas com diabetes mellitus. 

Kefir de Leite é uma Fonte de Nutrição Superior

O conteúdo nutricional excepcional de Kefir de leite oferece uma variedade de benefícios à saúde​​. Mais do que apenas as bactérias benéficas, ele contém minerais e aminoácidos essenciais que ajudam o seu corpo com as suas funções de manutenção.
As proteínas completas em Kefir são parcialmente digeridas e, portanto, mais facilmente utilizadas pelo corpo.
Triptofano, um dos aminoácidos essenciais abundantes no Kefir, oferece doses de cálcio e de magnésio.
Kefir contém vitaminas B12, B1 e K2. O Kefir também fornece a biotina, uma vitamina do complexo B que auxilia o nosso organismo na absorção de outras vitaminas deste complexo B, como o ácido fólico, ácido pantotênico e vitamina B12. Ampla oferta de fósforo - o segundo mineral mais abundante no nosso corpo - ajuda a utilizar carboidratos, gorduras e proteínas para o crescimento das células, manutenção e energia.


Kefir de Água X Kefir de Leite X Iogurte

Embora ambos Kefir e iogurte sejam produtos lácteos cultivados, eles contêm diferentes tipos de bactérias benéficas. Iogurte contém bactérias benéficas transitórias que mantêm o seu sistema digestivo limpo e servem de alimento para as bactérias amigáveis ​​que já estão presentes. O Kefir realmente ajuda a colonizar o trato intestinal.

Além disso, o Kefir contém várias das principais cepas de bactérias e leveduras benéficas ​​que normalmente não são encontradas no iogurte que ajudam a equilibrar a microbiota intestinal.

As leveduras e bactérias ativas do Kefir podem fornecer maior valor nutritivo do que o iogurte, ajudando a digerir os alimentos que você come e, a manter o ambiente do cólon limpo e saudável. O tamanho do coalho de Kefir é menor do que o iogurte, por isso é também mais fácil de digerir.


O Kefir de água possui as seguintes cepas de bactérias e leveduras benéficas à microbiota intestinal: 
  • Lactobacillus brevis
  • Lactobacillus casei
  • Lactobacillus hilgardii
  • Lactobacillus hordei
  • Lactobacillus nagelii
  • Leuconostoc citreum
  • Leuconostoc mesenteroides
  • Acetobacter fabarum
  • Acetobacter orientalis
  • Streptococcus lactis
  • Hanseniaospora valbyensis (levedura)
  • Lachancea fermentati (levedura)
  • Saccharomyces cerevisiae (levedura)
  • Zygotorulaspora florentina (levedura)

O Kefir de leite possui as seguintes cepas de bactérias e leveduras benéficas à microbiota intestinal:  
  • Lactobacillus acidophilus
  • Lactobacillus brevis
  • Lactobacillus casei
  • Lactobacillus delbrueckii subsp. bulgaricus
  • Lactobacillus delbrueckii subsp. delbrueckii
  • Lactobacillus delbrueckii subsp. lactis
  • Lactobacillus helveticus
  • Lactobacillus kefiranofaciens subsp. kefiranofaciens
  • Lactobacillus kefiri
  • Lactobacillus paracasei subsp. paracasei
  • Lactobacillus plantarum
  • Lactobacillus rhamnosus
  • Lactobacillus sake
  • Lactococcus lactis subsp. cremoris
  • Lactococcus lactis subsp. lactis
  • Lactococcus lactis
  • Leuconostoc mesenteroides subsp. cremoris
  • Leuconostoc mesenteroides subsp. dextranicum
  • Leuconostoc mesenteroides subsp. mesenteroides
  • Pseudomonas
  • Pseudomonas fluorescens
  • Pseudomonas putida
  • Streptococcus thermophilus 
  • Candida humilis (levedura)
  • Kazachstania unispora (levedura)
  • Kazachstania exigua (levedura)
  • Kluyveromyces siamensis (levedura)
  • Kluyveromyces lactis (levedura)
  • Kluyveromyces marxianus (levedura)
  • Saccharomyces cerevisiae (levedura)
  • Saccharomyces martiniae (levedura)
  • Saccharomyces unisporus (levedura
Sendo assim, o kefir de leite superior aos demais.  

Descobriu-se que o kefir de leite induz a secreção de interferon pelas células. O Interferon é uma glicoproteína produzida pelas células em resposta a um ataque viral, tal como a Hepatite, cuja função parece ser desencadeada por mecanismos de defesa das células não infectadas. Acredita-se que o Interferon é eficiente contra doenças virais incluindo algumas formas de câncer. O kefir aumentou a secreção de interferon-beta em um humano com osteosarcoma, tratado com um indutor químico. A substância ativa no kefir foi descoberta como sendo a sphingomielina [SpM].

A SpM do kefir é uma mistura de quatro espécies de SpMs a C21-, C22, C23- e C24. As SpM fermentadas do leite aumentaram a secreção de interferon em 14 vezes, enquanto SpMs de outras fontes aumentaram só 2 -3 vezes.


E Se Eu For Intolerante à Lactose?


Ao contrário do iogurte, a lactose no Kefir é totalmente digerida no momento em que é ingerida e quanto mais tempo ele fermentar (por 72 h), menos lactose conterá algumas das proteínas são quebradas - de modo que a maioria dos indivíduos com sensibilidade ao leite pode usá-lo ***

Kefir pode ser feito a partir de qualquer tipo de leite: cabra, vaca ou ovelha. Kefir é feito a partir de grãos gelatinosos brancos ou de partículas granulosas amarelas. Isso faz do Kefir único, como nenhuma outra cultura de leite faz esses grãos.

Como Kefir é Feito?

Os grãos contêm uma mistura de bactérias / leveduras aglutinados com a caseína (proteína do leite) e açúcares complexos que fermentam o leite, incorporando seus organismos amigáveis ​​para criar o produto cultivado. Os grãos são então removidos com um coador antes do consumo do kefir e adiciona-se um novo lote de leite.

Introduzindo o Kefir na Sua Alimentação


Algumas pessoas se beneficiam dos efeitos do Kefir desde o início e outros podem precisar se adaptar de forma mais lenta. Para aqueles que estão preocupados com um equilíbrio saudável de levedura no organismo, recomenda-se um consumo e acúmulo lento para que haja tolerância alimentar. No caso do kefir de leite, comece com cerca de meio copo americano ou 100 ml (ou de requeijão (não deve ser cheio até a borda do copo, deixe uns dois dedos vazios ou de 200 ml) de manhã com o estômago vazio. A cada dois dias, aumente a quantidade até que você consiga beber um copo cheio (americano).


Para quem ainda apresentar problemas para digerir o Kefir de leite, recomenda-se cultivá-los com leites vegetais caseiros.


No caso do kefir de água, comece com cerca de meio copo americano ou 100 ml ou de requeijão (não deve ser cheio até a borda do copo, deixe uns dois dedos vazios ou de 200 ml) de manhã com o estômago vazio. A cada dois dias, aumente a quantidade até que você consiga beber de um copo cheio (americano) a 1 L por dia.
 

Dicas para Fazer e Usar o Kefir de Leite

Tempo e temperatura são dois fatores importantes que determinam quão espesso e saboroso seu Kefir será. Nos meses mais quentes Kefir poderá estar pronto para beber em 18 horas  e pode ser deixado fermentando até 72 horas. Se você deixá-lo por muito tempo em temperatura ambiente, ele se torna espesso e, eventualmente, começa a se transformar em queijo e soro de leite. Se seu Kefir é "irregular" e muito azedo, você está deixando-o fora por muito tempo. Ele deve ser cremoso e "potável", um pouco mais grosso do que o leite. Neste ponto, agite bem e coloque o Kefir em sua geladeira. Ele vai engrossar ligeiramente, uma vez que cultura continua a crescer, porém em um ritmo muito mais lento.

Fazer Kefir é uma arte, não uma ciência exata. A cada lote que você fizer, ajuste o tempo até que você o obtenha da maneira que mais gostar. Depois de iniciar o seu primeiro lote de Kefir, você pode usar uma pequena quantidade deste para fazer o seu segundo lote.


O kefir deve ser agitado 1 - 2 vezes diariamente, para impedir que os fermentos e acetobactérias formem colônias na superfície do kefir. Se não agitado, estas colônias podem ser vistas como uma película ondulada marrom luminosa. Este fenômeno é similar ao que ocorre no processo de fabricação de vinhos, onde esta película é denominada "flores do vinho" (Mycodermia). No caso do kefir, flores do kefir. Embora o desenvolvimento inicial de tais colônias não seja prejudicial, fungos não desejados podem propagar-se nelas; a agitação impede isto, possivelmente devido ao aumento do oxigênio disponível.


Algumas fontes sugerem que não se deve utilizar utensílios metálicos para manipular os grãos de kefir (de água e de leite). Alternativamente, pode-se utilizar colher de plástico ou de madeira ou de bambú. Seu armazenamento deve ser feito em frasco de vidro.

OBS:
O leite ideal seria o cru de vacas A2 orgânicas (equivalente ao de cabras e ovelhas) criadas soltas, alimentadas com pasto e tratadas com homeopatia, mas poderia ser usado o leite de saquinho (pois é menos processado, não contém conservantes e não é pasteurizado em temperaturas extremamente elevadas (UHT)) ou faça o preparo com o leite de coco caseiro.

Preparo do Kefir em Leite (de Origem Animal):
-Num recipiente de boca larga, de vidro transparente e incolor, 1 L de leite;
-Nunca encha até o topo, deixe pelo menos 1/3 do frasco com espaço para o ar;
-Adicione ao leite 2 colheres de sopa rasas de grãos de kefir;
-Não vede o recipiente (o kefir está vivo e formam-se gases no leite);
-Cubra com tecido poroso, ou com um guardanapo ou papel toalha (limpo), prenda-o com um elástico na boca do vidro para proteção contra insetos e impurezas;
-Deixe fermentar entre 12 a 72 horas (conforme o clima da região e o efeito pretendido). Em lugares muito quentes o kefir fermentará muito mais rapidamente;
-Mexa suavemente com a colher para homogeneizar e ser mais fácil de coar;
-Ao coar, use um coador de malha muito fina (não aperte ou esprema os grãozinhos, quando estão novos são muito pequenos);
-Tome a bebida nas próximas 24 horas, se ficar fora da geladeira. Pode deixar o preparado na geladeira até 7 dias, com o passar dos dias, vai ficando mais ácido;
-Reutilize os grãos (o conteúdo que ficou no coador) com uma nova dose de leite;
-Pode, ainda, bater o líquido (sem os grãos) no liquidificador com as frutas que preferir: morangos, bananas, etc. Se pretende usufruir das suas propriedades terapêuticas, utilize-o somente em receitas frias, pois as altas temperaturas matam as bactérias benéficas e se perdem as suas propriedades terapêuticas;
-Não deixe o frasco com os grãos de kefir exposto ao sol. Guarde-o num armário da cozinha e longe de qualquer produto químico;
-NUNCA LAVE OS GRÃOS!!! Lave apenas o frasco, quando fizer as trocas de leite. E não use sabão ou detergente, apenas água.
Para desinfetar o frasco de vidro pode passar água fervente no mesmo, espere o frasco esfriar para recolocar os grãos nele. 

OBS: Como a quantidade de kefir de leite diária a ser consumida é de 100 ml, você pode usar 500 ml de leite e 1 colher de sopa de grãos ou ainda, 250 ml de leite e 1/2 colher de sopa de grãos, o restante do procedimento é igual ao que foi descrito acima.

Quando o kefir estiver pronto deverá parecer como a imagem abaixo e haverá a presença de grãos conforme a da área destacada.  

Após agitarmos o vidro, iremos peneirar conforme a imagem que se segue:


Podemos consumir o Kefir líquido conforme a imagem:


Podemos consumi-lo puro ou adicionar frutas picadas ou batê-las no liquidificador, mel ou açúcar mascavo. Na hora do consumo, diabéticos devem evitar o mel, açúcar mascavo e até mesmo adoçantes artificiais e devem dar preferência à algumas frutas, sugeridas por um nutricionista ou nutrólogo qualificado. O açúcar adicionado ao kefir ou lactose (açúcar do leite) é consumido pelos micro-organismos saudáveis do kefir no processo de fermentação dos mesmos, em 48 h no de água e 72 h no de leite animal (resta pouquíssima lactose neste, cerca de 1,10 gramas).

Os grãos de kefir se alimentam de Sacarose, Frutose ou Lactose. É um ProBiótico[pro=a favor de, biotic=vida] = promove vida ao invés de Antibiótico - [anti=contra, biotic=vida] = contra-vida. O termo "Probiótico" refere-se a organismos e a produtos de cultura que contribuem para um aumento ou estabilização da microbiota intestinal, assim beneficiando o anfitrião, protegendo-o contra doenças e melhorando a sua nutrição.


Preparo dos Grãos de Kefir de Leite Animal com Leite Vegetal (aprenda como preparar seus leites vegetais aqui):
-Num recipiente de boca larga, de vidro transparente e incolor, coloque 1 litro de leite de coco ou de leite vegetal à sua escolha à temperatura ambiente;
-Nunca encha até o topo, deixe pelo menos 1/3 do frasco com espaço para o ar;
-Adicione ao leite 2 colheres de sopa rasas de grãos de kefir;
-Não vede o recipiente (o kefir está vivo e formam-se gases no leite);
-Cubra com tecido poroso, ou com um guardanapo ou papel toalha (limpo), prenda-o com um elástico na boca do vidro para proteção contra insetos e impurezas;
-Deixe fermentar entre 12 a 24 horas (conforme o clima da região, e o efeito pretendido) - em lugares muito quentes o kefir fermentará muito mais rapidamente;
-Mexa suavemente com a colher para homogeneizar e ser mais fácil de coar;
-Ao coar, use um coador de malha muito fina (não aperte ou esprema os grãozinhos, quando estão novos são muito pequenos);
-Tome a bebida como refresco nas próximas 24 horas, se ficar fora da geladeira. Pode deixar o preparado na geladeira até 5 dias, com o passar dos dias, vai ficando mais ácido;
-Reutilize os grãos (o conteúdo que ficou no coador) com uma nova dose de leite vegetal;
-Pode, ainda, bater o líquido (sem os grãos) no liquidificador com as frutas que preferir: morangos, bananas, etc. Se quiser deixá-lo mais suave, acrescente leite. Se pretende usufruir das suas propriedades terapêuticas, utilize-o somente em receitas frias, pois as altas temperaturas matam as bactérias benéficas e se perdem as suas propriedades terapêuticas;
-Não deixe o frasco com os grãos de kefir exposto ao sol. Guarde-o num armário da cozinha e longe de qualquer produto químico;
-NUNCA LAVE OS GRÃOS! Geralmente a água, mesmo filtrada apresenta resíduos de cloro que matam os micro-organismos saudáveis do kefir. Lave apenas o frasco, quando fizer as trocas de leite. E não use sabão ou detergente, apenas água. Para desinfetar o frasco de vidro pode passar água fervente no mesmo, espere o frasco esfriar para recolocar os grãos nele.

Observações:
-Quando preparar o kefir com leite de vegetal vai observar que em determinado ponto, os grãos de kefir poderão parar de crescer ou crescerão mais lentamente – não estranhe, é natural que tal aconteça;
-Se recebeu uma colônia nova, esta passará por um período de adaptação ao novo ambiente. Deve proceder a troca frequente de leite (animal), conforme explicado no preparo; mesmo que a fermentação, nos primeiros dias não seja aparente, as bactérias benéficas e os fermentos estarão presentes no leite coado que pode ser consumido normalmente, desde que não esteja azedo.
Mas se o leite estiver ficando azedo, depois da troca diária do leite, após 5 dias consecutivos, pode ser que os grãos tenham morrido.
-Se notar que a fermentação do kefir em leites vegetais, após 1 semana, utilizando os grãos de kefir de leite (de vaca) não está ocorrendo, utilize o leite de vaca, ao menos 1 vez por semana, para revitalizar os grãos.


 Kefir de Água ou Tibico

O kefir pode ser preparado com água e açúcar mascavo ou com leite
(vegetal) ou com água de coco. Deve-se levar em conta que o kefir de água ou Tibico não contém a mesma microbiota do Kefir Real feito com leite (animal), nem os mesmos efeitos terapêuticos e probióticos.

Preparo do Kefir de Água com Água e Açúcar Mascavo
-Num recipiente de boca larga de vidro, transparente e incolor, coloque 1 litro de água mineral ou filtrada à temperatura ambiente;
-Adicione 1 colher de sopa de açúcar mascavo e mexa bem;
-Coloque de 2 colheres de sopa dos grãos de kefir;
-Deixe fermentar por 24 a 48
horas (ou durante o tempo necessário para o efeito pretendido);
-Coe com uma peneira fina para não perder os pequenos grãos que se vão formando;
-Não esprema esses grãos;
-Está pronto a beber, findas as 24 a 48 horas. Se preferir, pode conservar na geladeira até 5 dias, e consuma conforme desejar;
-Reutilize os grãos que ficaram na peneira com a nova dose de água e açúcar mascavo puro;
-Não vede o recipiente (os grãos de kefir estão vivos e formam gases na água);
-Coloque um tecido de tule ou pano (ou um tecido perfurado) ou papel toalha preso com elástico na boca do vidro para proteção contra insetos e impurezas.

Observações:
-O açúcar mascavo é úmido e, se não conservado adequadamente, poderá conter fungos que “matarão” o kefir e prejudicarão a saúde. O açúcar mascavo deve ser puro – sem misturas. de preferência orgânico, e dentro do prazo de validade. Não use açúcar mascavo que está no açucareiro há muito tempo. O açúcar deve ser armazenado numa embalagem hermeticamente fechada;
- É normal os grãos boiarem devido ao gás (CO2) que se forma;
- A cor acastanhada dos grãos deve-se à cor do açúcar mascavo;
- Na preparação do kefir, a higiene é fundamental;
- Reserve os utensílios que foram utilizados no preparo do kefir apenas para essa finalidade.


Preparo dos Grãos de Kefir de Água com Água de Coco

Os benefícios naturais da água de coco são ainda mais potencializados com a adição dos probióticos de kefir de água.
-Num recipiente de boca larga de vidro, transparente e incolor, coloque um litro de água de coco (natural) à temperatura ambiente;
-Adicione
2 colheres de sopa de grãos de kefir de água;  
-Deixe fermentar por 24 a 48
horas (ou durante o tempo necessário para o efeito pretendido);
-Coe com uma peneira fina para não perder os pequenos grãos que se vão formando;
-Não esprema esses grãos;
-Está pronto a beber, findas as 24 a 48 horas. Se preferir, pode conservar na geladeira até 5 dias, e consuma conforme desejar;

Opcional: adicionar 1 xícara de frutas frescas (misturas de frutos silvestres como amora, framboesa, acerola batidas ou suco de 1 limão espremido ao kefir pronto) 
-Reutilize os grãos que ficaram na peneira com a nova dose de água e açúcar mascavo puro;
-Não vede o recipiente (os grãos de kefir estão vivos e formam gases na água);
-Coloque um tecido de tule ou pano (ou um tecido perfurado) ou papel toalha preso com elástico na boca do vidro para proteção contra insetos e impurezas.

Observação:
Idealmente grãos de kefir de água devem ser cultivados em água com açúcar, reveze o preparo do kefir água de coco com o de açúcar mascavo (a cada dia prepare um deles). A água com açúcar irá alimentar e manter os grãos de kefir saudáveis.
 


Preparo dos Grãos de Kefir de Água com Leite Vegetal (aprenda como preparar seus leites vegetais aqui):
-Num recipiente de boca larga, de vidro transparente e incolor, coloque 1 litro de leite de coco ou de leite vegetal à sua escolha) à temperatura ambiente;
-Nunca encha até o topo, deixe pelo menos 1/3 do frasco com espaço para o ar;
-Adicione ao leite 2 colheres de sopa rasas de grãos de kefir;

-Adicione 1 colher de sopa de açúcar mascavo;
-Não vede o recipiente (o kefir está vivo e formam-se gases no leite);
-Cubra com tecido poroso, ou com um guardanapo ou papel toalha (limpo), prenda-o com um elástico na boca do vidro para proteção contra insetos e impurezas;
-Deixe fermentar entre 12 a 24 horas (conforme o clima da região, e o efeito pretendido) - em lugares muito quentes o kefir fermentará muito mais rapidamente;
-Mexa suavemente com a colher para homogeneizar e ser mais fácil de coar;
-Ao coar, use um coador de malha muito fina (não aperte ou esprema os grãozinhos, quando estão novos são muito pequenos);
-Tome a bebida como refresco nas próximas 24 horas, se ficar fora da geladeira. Pode deixar o preparado na geladeira até 5 dias;
-Reutilize os grãos (o conteúdo que ficou no coador) com uma nova dose de leite vegetal;
-Pode, ainda, bater o líquido (sem os grãos) no liquidificador com as frutas que preferir: morangos, bananas, etc.;

-Não deixe o frasco com os grãos de kefir exposto ao sol. Guarde-o num armário da cozinha e longe de qualquer produto químico;
-NUNCA LAVE OS GRÃOS! Geralmente a água, mesmo filtrada apresenta resíduos de cloro que matam os micro-organismos saudáveis do kefir. Lave apenas o frasco, quando fizer as trocas de leite. E não use sabão ou detergente, apenas água. Para desinfetar o frasco de vidro pode passar água fervente no mesmo, espere o frasco esfriar para recolocar os grãos nele.
 

Algumas dúvidas:

A Multiplicação dos Grãos do Kefir de Leite é Rápida?

A multiplicação dos grãos do kefir de leite é extremamente lenta, e depende muito de vários fatores, como idade da colônia, a temperatura, o tipo e a qualidade do leite utilizado, a frequência das trocas, etc... Geralmente, em condições ótimas, o crescimento dos grãos duplica - em quantidade - após 30 dias. Nunca jogue fora seus grãos de Kefir! No caso dos grãos não estarem fermentando ou não se multiplicarem, pode tentar mudar a marca ou o tipo de leite, ou apenas alterar o local onde guarda o recipiente. Por exemplo, nos dias mais frios os grãos entram num estado de latência.

Quando é que o kefir “Morreu”?
Quando o kefir apresentar um odor desagradável, semelhante a algo podre, e quando já não ocorrer a fermentação, os grãos estão em processo de putrefação e não devem ser consumidos. Pode tentar recuperá-los fazendo trocas de leite (ou água com açúcar mascavo, no caso do kefir de água), uma vez por dia, durante uma semana. Se continuar o cheiro, então deve jogá-los fora.

Posso Comer os Grãos?
Quanto a comer os grãos, os povos antigos das montanhas do Cáucaso, ingeriam os grãos, além do iogurte e percebeu-se uma longevidade com boa qualidade de vida, ou seja, é muito bom comê-los. Isso recompõe a microbiota intestinal, fortalece o sistema imunológico e se reflete em mais saúde. 

Pode-se consumir 1 colher de chá de grãos de kefir por dia.

Qual é a Quantidade que Devo Consumir?
Os alimentos fermentados também são alguns dos melhores quelantes e agentes de desintoxicação disponíveis, o que significa que eles podem ajudar a eliminar uma ampla variedade de toxinas do seu corpo, inclusive metais pesados. Isso é parte do motivo pelo qual o Protocolo de Nutrição GAPS da Dra. Caroline McBride é tão eficaz.
Ele restaura de modo eficaz seu próprio sistema de desintoxicação, e os alimentos fermentados/em conserva são instrumentos nesse processo de autocura. E também não é preciso consumi-los em grandes quantidades.
Comece com cerca de um quarto a meia xícara (56 a 113 gramas) de kefir, em uma a três refeições por dia.
Tenha em mente que uma vez que estes probióticos são agentes de desintoxicação muito eficientes, você pode apresentar sintomas de desintoxicação, ou uma "crise de cura", se introduzir vários deles de uma só vez. Se ocorrerem tais sintomas, Dra. Caroline recomenda começar com porções bem pequenas e aos poucos aumentar para a porção de um quarto a meia xícara. Desse modo, sua flora intestinal tem a chance de se ajustar.

Posso Consumir os Dois Tipos, o de Água e o de Leite?
Você pode usar os dois tipos de Kefir sem problemas, algumas pessoas relatam uma "queimação" ao beber Kefir de água com açúcar mascavo (provavelmente devido ao açúcar adicionado ao kefir pronto para consumo), em jejum. Se você não sente nenhum incômodo, continue intercalando o uso. É bom que não enjoa, né?! E o de leite você pode variar bastante! Neste caso consuma um pouco menos de 200 ml de cada um.

O melhor horário do consumo do kefir seria em jejum, mas se não puder consumi-lo nesta hora, tente de estômago vazio antes de dormir.

Percebi que no Kefir de Água em 48 h de Fermentação os Grãos Aumentaram Muito e Alguns Estão Boiando, Isso é Normal?
Quanto mais tempo deixar fermentando, mais eles irão aumentar (quantidade de grãos de kefir), menos açúcar conterão (lactose ou sacarose) e mais ácidos também ficarão. Os grãos do kefir boiam, devido a estarem cheios de CO2 e depois voltam ao fundo do recipiente.



Vou Viajar e Não Posso Levar meus Grãos de Kefir, Como Faço para Conservá-los?
Pode-se mantê-los na geladeira com leite (fefir de leite) ou açúcar mascavo e água (kefir de água), por até 15 dias. E se for ficar fora por mais tempo, pode coar os grãos e congelá-los dentro de um recipiente de vidro com tampa (de plástico) por tempo indeterminado. Para descongelá-los, adicione aos grãos de kefir de leite, o leite e aos de água, o açúcar mascavo e água, nas proporções citadas acima. Após 24 h, observe e/ou experimente o kefir pronto, se não estiver com sabor e consistência similar ao de antes, você pode consumí-lo desde que não esteja estragado e dê continuidade ao preparo do kefir até que sua atividade fermentativa se normalize. Se em 5 dias isto não ocorrer, descarte os grãos e solicite uma nova doação.

Meu Kefir Pode Estar Contaminado?
Não há risco de contaminação, pois são o kefir é uma microflora simbiótica que não permite que bactérias ou leveduras externas se desenvolvam no mesmo, além do que o ácido lático excretado por elas também protege o kefir (fonte).

Receitas Feitas com Kefir:

Receita de Ricota / Cottage de Kefir;
Receita de Cream-Cheese Feita com Kefir;
Como fazer Whey Protein e Yakult com o Kefir de Leite.

Saiba Como o kefir Pode Ajudar seu Cãozinho (aqui).

OBS: Não possuo ligação alguma com as doações de kefir, estou apenas disponibilizando abaixo os links que encontrei na internet.

Deseja se Tornar um Doador? Clique aqui.

Como Receber Doação de Kefir PESSOALMENTE?

Há grupos fechados do Facebook que fazem doação de kefir, mas você paga o frete, links aqui, aqui e para doação de Kefir, Tibico,Caspian,Kombucha, Filmjolk, Viili (Doação SP).


Não aconselho a compra dos grãos de kefir, mas se você estiver tendo dificuldade em
conseguir uma doação, pode adquiri-lo no Mercado Livre, verifique o preço, o valor do frete e se o vendedor é confiável também.


Referências:

[1]J Immunol Res, 2015 vol. 2015 pp. 361604 Impact of kefir derived Lactobacillus kefiri on the mucosal immune response and gut microbiota; Carasi, P; Racedo, SM; Jacquot, C; Romanin, DE; Serradell, MA; Urdaci, MC)

[2] Antitumoural antibacterial and antifungal activities of kefir and kefir grain; Adile Cevikbas1, Ersin Yemni1, Fikret W. Ezzedenn1, Turay Yardimici1, Ugur Cevikbas2 andS. J. Stohs3,*
Article first published online: 31 JAN 2006
DOI: 10.1002/ptr.
Volume 8, Issue 2, pages 78–82, March 1994)

[3] Eur Rev Med Pharmacol Sci, 2015 vol. 19(5) pp. 887-96
Effects of kefir on ischemia-reperfusion injury; Yener, AU; Sehitoglu, MH; Ozkan, MT; Bekler, A; Ekin, A; Cokkalender, O; Deniz, M; Sacar, M; Karaca, T; Ozcan, S; Kurt, T

http://products.mercola.com/body-ecology/kefir.htm 


http://www.livestrong.com/article/483172-are-kefir-grains-really-healthy-for-you/

http://ntur.lib.ntu.edu.tw/bitstream/246246/177589/1/04.pdf

http://www.thehealthyhomeeconomist.com/water-kefir-versus-milk-kefir/ 

http://kefiralimentoprobiotico.blogspot.com.br/2012/08/como-receber-doacao-de-kefir.html

http://kefiralimentoprobiotico.blogspot.com.br/2012/10/estado-de-sao-paulo-tocantins.html

http://100comidasucosnaturais.blogspot.com.br/2009/04/kefir-e-seus-beneficios.html

http://www.kefir.com.br/kefir_suave.html

http://jrayche.blogspot.com.br/2013/06/quase-tudo-o-que-voce-precisa-saber.html

http://cozinhasaudavel.wordpress.com/2008/03/02/kefir/


http://www.culturesforhealth.com/coconut-water-kefir-recipe/ 

http://portuguese.mercola.com/sites/articles/archive/2016/08/16/fermentar-hortalicas.aspx?utm_source=facebook.com&utm_medium=referral&utm_content=facebookmercolaport_lead&utm_campaign=8162016_fermentar-hortalicas

https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwivsMGUtsHMAhVK0h4KHbNaAj0QFgghMAA&url=http%3A%2F%2Fbdm.unb.br%2Fbitstream%2F10483%2F185%2F1%2F2007_FlavioMarquesTerra.pdf&usg=AFQjCNFC45nldtdTaU6Yi9SMYKADndZ_qQ&bvm=bv.121099550,d.Y2I 

https://www.yemoos.com/pages/milk-kefir-faq-upkeep-contamination