Publicidade

Tranduza (Translate)

domingo, 27 de novembro de 2016

Protocolo do Dr. Klenner com Vitaminas para Combater a Esclerose Múltipla e Miastenia Grave



Tradução de um trecho do artigo encontrado no link ao fim deste post por Sílen em 27/11/2016.


Quase todas as pessoas com esclerose múltipla que eu conheci tinham duas coisas em comum: a falta /de esperança e falta de vitaminas. Os pacientes do dr. Klenner não tinham a falta de nenhum dos dois, com um cronograma de tratamento contendo enormes quantidades de vitaminas do complexo B para, como disse Klenner ", a reparação de nervos." Ele baseou seu protocolo, em parte, no trabalho, no final da década de 1930, da "Stern da Universidade de Columbia, (que) estava empregando o uso do cloridrato de tiamina intraespinalmente com resultados surpreendentes na esclerose múltipla. Ele relatou que levava os pacientes à sala de cirurgia em uma maca, e após 30 mg de tiamina dada intraespinalmente, eles voltavam andando para seus quartos. "(24) Embora, Klenner comentou," a resposta foi relativamente transitória ", indicou que a esclerose múltipla pode ser uma forma grave de avitaminose.

Se uma vitamina ajudou, duas pareciam mais prováveis de funcionar melhor. Klenner escreve: "Moore (25), em 1940, publicou uma monografia sobre o uso de doses elevadas por via intravenosa de ácido nicotínico para a cura de esclerose múltipla. Moore empregou uma combinação de drogas chamada 'Nicobee. "Esta preparação continha 100 mg de ácido nicotínico e 60 mg de tiamina em cada solução a 10 cc." Moore, como Klenner, foi influenciado por um trabalho anterior que demonstrou que os resultados da degeneração dos nervos era o resultado de múltiplas deficiências nutricionais. (26) Subsequentemente, Klenner empregaria o que só pode ser descrito como uma abordagem nutricional abrangente. Seu protocolo para a esclerose múltipla e para a miastenia grave a seguir, conforme descrito em seu artigo, "Resposta do Nervo Periférico e Central à Patologia às Megadoses de Vitaminas do Complexo B e Outros Metabólitos" (27):

  • Cloridrato de tiamina (B-1): "300 mg a 500 mg, 30 minutos antes das refeições, antes de dormir, e durante a noite se estiver acordado" mais " 400 mg por dia por injeção, dado intramuscularmente"
  • Niacina (B-3): "100 mg a 3 gramas, trinta minutos antes das refeições e antes de dormir e também durante a noite, se estiver acordado - qualquer que seja a dose haverá um forte flush (enrubescimento) no corpo."
  • Piridoxina (B-6): "100 mg a 200 mg é dada antes das refeições e antes de dormir. Pelo menos 100 mg por dia são administrados por via intramuscular. "
  • A cobalamina (B-12): "1000 mcg três vezes por semana através de uma injeção".
  • Ácido ascórbico (C): "Dez a vinte gramas devem ser tomados diariamente por via oral em doses divididas."
  • Riboflavina (Vitamin B-2): "40 mg a 80 mg, administrada diariamente por injeção intramuscular de 25 mg antes das refeições e de dormir"
  • Colina: "700 mg a 1400 mg após cada refeição e antes de dormir."
  • Lecitina: "1200 lecitina de soja (ou de girassol) mg após cada refeição."
  • Magnésio: "100 mg após cada refeição."
  • Gluconato de cálcio: Dois tabletes de 10 grain (0,64 g) ", após cada refeição e na hora de dormir."
  • Pantotenato de cálcio: 200 mg "depois de cada refeição e na hora de dormir."
  • Ácido Aminoacético (glicina): "Uma colher de sopa cheia de pó em um copo de leite quatro vezes por dia."
  • O gluconato de zinco: "10 mg três vezes por dia é muito importante na miastenia grave. Tome várias horas após a vitamina B-2. "

Além disso, Dr. Klenner deu vitamina E (800 a 1.600 UI / dia), extrato de fígado cru, adenosina de alta qualidade 5' ou sal disodium ácido monofosfórico, e um tablete de polivitamínico e minerais, onde tinha incluso vitamina D. Dr. Klenner prescrevia uma dieta rica em proteínas, e usava medicamentos disponíveis para aliviar o tremor e a rigidez. Ele também prescrevia o ácido linolênico, tireoide, verduras frescas, frutas frescas, uma quantidade considerável de leite (1 litro / dia) e ovos (até 6 / dia). Klenner recomendava que os pacientes limitassem seu consumo de gorduras, comessem apenas pão integral, e especificava que não comessem "junk foods, especialmente doces." (28)

Dr. Klenner também ofereceu o que ele considerava ser, um programa de compromisso abreviado. "Se um determinado médico do paciente se recusasse a administrar esse cronograma, eu tenho essa recomendação: 1 grama de cloridrato de tiamina uma hora antes das refeições e na hora de dormir, e durante a noite se estivesse acordado. A niacina tomada ao mesmo tempo e em quantidades suficientes para produzir um bom flush (rubor) no corpo. 200 mg de pantotenato de cálcio e 100 mg de piridoxina antes das refeições e de dormir. 10 gramas de ácido ascórbico, tomado em doses divididas. Aminoácido acético: uma colher de sopa cheia em um copo de leite, quatro vezes por dia. Naturalmente, a programação completa irá permitir resposta mais dramática "Ele declara:" Nós categoricamente fazemos esta declaração: Qualquer vítima de esclerose múltipla que irá drasticamente ter um flush com o uso do ácido nicotínico, e que ainda não tenha avançado para a fase da degeneração da mielina, como testemunhado por clônus do tornozelo sustentado desencadeado na forma ortodoxa, pode ser curada com o emprego adequado do cloridrato de tiamina e de outras vitaminas do complexo B em conjunto com proteínas essenciais, lipídios, carboidratos e fígado cru injetável. "(27)

OBS minha, Sílen

  • Procure um médico ortomolecular e com este protocolo em mãos, pergunte se há a possibilidade de segui-lo.
  • consuma leite se for orgânico cru de vacas A2 alimentadas com capim e tirado com higiene ou leites vegetais feitos em casa (com exceção do de soja) e pão de farinha de oleaginosas, o glúten deve ser eliminado em casos de doenças crônicas e autoimunes.
  • Saiba como preparar leites vegetais aqui (não são recomendados o de aveia com glúten e nem o de soja) e o pão citado acima aqui.
  • A dieta paleo com carnes de animais criados soltos e orgânicos (a Korin tem esta opção) e vegetais orgânicos e frescos (encontrados em feiras orgânicas) é excelente para reverter e impedir o avanço da esclerose múltipla, veja esta palestra.
  • No Brasil não encontrei a vitamina E natural com tocoferois mistos não transgênica, esta contém 400 UI e tem 250 softgéis. 
  • Lecitina de girassol em pó importada pode ser encontrada aqui. 
  • Ácido ascórbico (vitamina C não transgênica) 1 grama pode ser encontrado neste link. 

Fonte:

http://www.doctoryourself.com/klennerbio.html

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Rosácea Tratamento Natural

Rosacea2
A 'medicina tradicional' desconhece as causas da Rosácea e apenas trata seus sintomas com pomadas, cremes e géis tópicos e com antibiótico tetraciclina de forma ineficaz e nociva à saúde.

Dr. Jonathan Wright relacionou rosácea com a baixa acidez estomacal em seu livro, Why Stomach Acid Is Good for You (Por que a Acidez Estomacal é Benéfica para Você). Dr. Wright menciona o trabalho do Dr. Brown e de outros que estudaram secreções gástricas em pacientes com rosácea. Um excelente resumo desta pesquisa foi publicado pelo Dr. Norman Epstein no Cal West Med Journal de 1931. Eis o link para o arquivo PDF completo: ROSACEA_Hypochlorhydria_Acid_Dr.Epstein_1931 

Dr. Norman Epstein descobriu que 75% dos seus pacientes com rosácea tinham ausência ou subprodução de ácido do estômago (ácido clorídrico, HCL)

O tratamento prescrito por Dr. Jonathan Wright é o suplemento cloridrato de betaína com pepsina, tomado durante as refeições, assim como as enzimas digestivas e probióticos. 

Em um vídeo do Dr. Lair Ribeiro, ele recomendava para refluxo, cuja uma das causas é a acloridria (nenhuma produção de ácido estomacal ou clorídrico, HCl), tomar cloridrato de betaína (Betaína HCL) 2 vezes ao dia da seguinte maneira: "começar a comer o almoço, parar e tomar o cloridrato de betaína e continuar a comer e, no jantar, proceder da mesma forma". Você pode mandar manipular em farmácias (de manipulação), mas algumas exigem receita médica. Encontrei esta que pode ser adquirida sem receita em site internacional que contém 648 mg de cloridrato de betaína e 150 mg de pepsina. Pode-se tomar 1 cápsula durante almoço e a outra durante o jantar. Este suplemento irá durar 2 meses e custa US$ 12.73 (dólares). Com o link acima, em sua primeira compra, terá um desconto de 10%, entretanto a primeira compra na Iherb.com pode ser meio complicada, pois temos que confirmá-la. Segue um post que explica melhor como fazer sua primeira compra neste site aqui. 
 
Um dos melhores e mais completos probióticos que todas as pessoas deveriam consumir é o kefir e ele ainda é grátis. Saiba mais sobre o kefir e acesse links de doação ao fim do post aqui. Para aprender uma receita de probiótico fácil, clique aqui.

A ingestão de uma fatia de abacaxi e/ou de mamão meia hora antes das refeições, também ajuda em muitos casos, pois contêm respectivamente, as enzimas digestivas bromelina e papaína.

Fonte: 


http://jeffreydachmd.com/2014/10/rosacea-low-stomach-acid-jeffrey-dach-md/

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

76 Motivos para Evitar o Açúcar

Açúcar

28 de setembro de 2016.


Por Dr. Mercola

O açúcar, em quantidades moderadas, é essencial ao corpo. Como carboidrato, ele fornece a você a energia necessária para as atividades diárias. Todas as suas células usam essa energia. Porém o açúcar também é uma caloria, e uma vez consumido em excesso, você verá os efeitos negativos à sua saúde.

O forte vício em açúcar pode causar obesidade, diabetesdanos ou insuficiência cardíaca, produção de células cancerígenas, esgotamento da capacidade mental e expectativa de vida mais curta.

A moderação é importante neste caso. Entretanto, evitar alimentos ricos em açúcar é definitivamente mais fácil de dizer do que fazer hoje em dia, devido à variedade de opções nas lojas. Entre alguns dos suspeitos comuns estão as bebidas energéticas, refrigerantes, barras de chocolate, adoçantes artificiais e muito mais. Todos têm acesso a eles.

O que está por trás do vício em açúcar

É óbvio que o vício em açúcar começa quando você deseja algo que contém esse ingrediente doce. Comer açúcar aciona a produção de opioides naturais no seu cérebro. 

Esses hormônios ajudam a aliviar a dor e são acionados da mesma forma que alguém que consome drogas ilegais.

Segundo os pesquisadores, a língua tem dois receptores doces, que evoluíram nos primórdios, quando nossos ancestrais tinham uma alimentação pobre em açúcar. Com o passar do tempo, a língua das pessoas ainda não foi capaz de se adaptar aos doces.

É por isso que, quando os receptores da língua são altamente estimulados, seu cérebro acaba enviando sinais de recompensa em excesso toda vez que você come algo com açúcar, o que acaba anulando os mecanismos de autocontrole. Isso leva ao vício.
 

O Dr. Robert Lustig, professor de pediatria na Universidade da Califórnia, em São Francisco, publicou no The Atlantic:
"O centro de prazer do cérebro, chamado de núcleo accumbens, é essencial para nossa sobrevivência como espécie...Quando você consome alguma substância viciante, inclusive o açúcar, o núcleo accumbens recebe um sinal de dopamina, que faz com que você sinta prazer. Então você quer consumir mais. O problema é que, com a exposição prolongada, o sinal é atenuado, ficando mais fraco.
Então você precisa consumir mais para obter o mesmo efeito – o que é chamado de tolerância. E se você reduz o consumo da substância, entra em abstinência. A tolerância e a abstinência são os componentes do vício".
Outro fator importante no possível vício em açúcar é o hormônio leptina. Ele é responsável por dizer ao cérebro como a energia armazenada a partir da gordura deve ser usada. Além disso, ele tem como alvo os receptores gustativos da língua, que podem aumentar ou diminuir seus desejos alimentares.
Quando você tem falta de leptina ou existe um problema com os receptores de leptina do corpo, são maiores as chances de você ter desejos alimentares, e geralmente o açúcar é a primeira escolha quando se trata de combater esse desejo.

76 ameaças do açúcar à sua saúde

Açúcar demais pode ter efeitos prejudiciais na sua saúde. Eu contei pelo menos 76 ameaças graves (sim, você leu certo!) do açúcar à sua saúde. Esses perigos estão divididos em quatro categorias: Maior risco de doenças, desequilíbrio ou deficiência de nutrientes, deficiências corporais e mudanças comportamentais.

Desequilíbrio ou deficiência de nutrientes
  1. Atrapalha as relações minerais do seu corpo
  2. Deficiência de cromo
  3. Interfere na absorção de cálcio, magnésio e proteína
  4. Aumenta os níveis de colesterol total, triglicerídeos e colesterol ruim
  5. Reduz os níveis de colesterol bom
  6. Diminui os níveis de vitamina E
  7. O corpo transforma o açúcar em duas a cinco vezes mais gordura na corrente sanguínea em comparação ao amido
Mudanças comportamentais
  1. Vício ou intoxicação, semelhante ao álcool
  2. Rápido aumento de adrenalina, hiperatividade e ansiedade
  3. Causa dificuldade de concentração, tontura e irritação nas crianças
  4. Resulta em menor atividade nas crianças
  5. Diminui a capacidade cognitiva e pode causar distúrbios de aprendizado que podem afetar as notas escolares das crianças
  6. Aumenta o risco de comportamento antissocial
  7. Queda de estabilidade emocional
  8. Depressão
  9. Alcoolismo
Maior risco de doenças
  1. Alimenta as células cancerígenas
  2. Pode provocar a morte de células
  3. Aumenta os níveis de glicose em jejum
  4. Aumenta a pressão arterial sistólica
  5. Aumento significativo na adesão plaquetária
  6. Causa a formação de pedras e cálculos renais
  7. A rápida absorção de açúcar promove o consumo de alimentos em excesso
  8. Obesidade
  9. Reduz a sensibilidade à insulina, levando a níveis altos de insulina e, com o tempo, à diabetes
  10. Hipoglicemina reativa
  11. Dor de cabeça, inclusive enxaqueca
  12. Tontura
  13. Problemas no trato gastrointestinal
  14. Alergias alimentares
  15. Promove doenças degenerativas crônicas
  16. Causa aterosclerose e doenças cardiovasculares
  17. Causa catarata e miopia
  18. Pode levar a doenças autoimunes, como artrite, asma e esclerose múltipla
  19. Causa enfisema
  20. Contribui para osteoporose
  21. Contração de apendicite, hemorroidas e veias varicosas
  22. Mal de Parkinson (as pessoas com esta doença têm alto consumo de açúcar)
  23. Aumenta o risco de gota e mal de Alzheimer
  24. Acidez na saliva, cáries e doenças periodontais
  25. Gengivite
  26. Estimula o desenvolvimento descontrolado de Candida Albicans (candidíase)
  27. Toxemia na gravidez
  28. Contribui para o eczema nas crianças
  29. Piora os sintomas de crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)
  30. Maior risco de pólio
  31. Pode causar ataques epiléticos
  32. Pode causar pressão alta em pessoas obesas
  33. O consumo maior em unidades de tratamento intensivo pode provocar a morte
Deficiências corporais
  1. Apresenta potencial para provocar processos metabólicos anormais em uma pessoa normal saudável
  2. Supressão do sistema imunológico, aumentando o risco de contrair doenças contagiosas
  3. Perda de elasticidade e função dos tecidos
  4. Piora na visão
  5. Envelhecimento prematuro
  6. Aumenta os produtos finais de glicação avançada em que as moléculas de açúcar se ligam a proteínas e acabam danificando-as
  7. Danos à estrutura do DNA
  8. Pode interromper o oxigênio que vai para o cérebro através de alimentação intravenosa
  9. Muda a estrutura das proteínas e causa uma alteração permanente das atuações da proteína no seu corpo
  10. Alteração da estrutura de colágeno
  11. Envelhecimento da pele
  12. Prejudica a homeostase fisiológica dos sistemas corporais
  13. Reduz a capacidade de funcionamento das enzimas
  14. Aumenta o tamanho do fígado fazendo com que as células hepáticas se dividam, aumentando a quantidade de gordura do fígado
  15. Aumenta o tamanho dos rins e produz alterações patológicas
  16. Danos pancreáticos
  17. Aumento na retenção de fluidos corporais
  18. Afeta a composição de eletrólitos urinários
  19. Retarda a capacidade de funcionamento das glândulas suprarrenais
  20. Compromete a parede dos vasos capilares
  21. Tendões frágeis
  22. Pode causar um aumento das ondas cerebrais delta, alfa e teta, podendo alterar a capacidade da mente de pensar claramente
  23. Causa desequilíbrio hormonal
  24. Aumenta os radicais livres e o estresse oxidativo
  25. Causa uma forte queda na gravidez, com risco duas vezes maior de dar à luz um bebê pequeno para a idade gestacional
  26. Desidratação entre recém-nascidos
  27. Afeta a produção de dióxido de carbono quando fornecido a bebês prematuros

Como acabar com o vício em açúcar

Não se preocupe – não é tarde demais para acabar com esses hábitos ruins. Tenho algumas recomendações sobre como ingerir açúcar com segurança sem sacrificar a sua saúde.
 

A primeira seria recorrer às emoções. Às vezes, quando você deseja muito alguma comida, isso é causado por uma necessidade emocional, como querer aliviar o estresse ou sentir-se um pouco mais feliz depois de um dia cansativo. Geralmente as pessoas tendem a ignorar suas emoções ao pensar se devem comer algo saudável ou não.

Recomendo muito a Técnica de Liberação Emocional (EFT), uma técnica psicológica simples e eficaz de acupressão que pode ajudar a gerenciar os componentes emocionais do seu desejo. Foi comprovado que ela alivia muitos dos traumas emocionais, acaba com fobias e estresses pós-traumáticos, reduz o desejo por alimentos e diminui a dor física e o desconforto.

O que a EFT traz para seus praticantes é ter a atitude mental certa quando se está fazendo um regime ou simplesmente tomando medidas para melhorar a saúde. Se você já está curioso, navegue pelos fundamentos da EFT aqui (versão em português).
Outra maneira de cortar o consumo de açúcar seria reduzir a quantidade de açúcar que você consome diariamente (menos de 25 gramas para ser exato), inclusive das frutas inteiras.
 

Também aconselho que você evite a todo custo o xarope de milho rico em frutose (HFCS). Ele é um adoçante feito do milho e encontrado em vários alimentos que comemos e bebemos hoje em dia. Ele é considerado letal não só devido à quantidade de açúcar que contém, mas também devido aos riscos que pode causar à saúde, a maioria deles já mencionados anteriormente.

Escolher uma alimentação bem balanceada e adaptada ao seu biotipo específico ajuda, com ênfase adicional nos alimentos ricos em fibras, que ajudam a retardar a absorção do açúcar, e nos alimentos ricos em gorduras ômega 3 de alta qualidade, que também são cruciais para diminuir o impacto da ingestão de açúcar em excesso. Recomenda-se também evitar alimentos ricos em açúcar e reidratar-se continuamente com água pura e fresca.

Por fim, exercitar-se todos os diasmelhorar os níveis de vitamina Ddormir bemgerenciar os níveis de estresse também podem ajudar a minimizar os efeitos do consumo de açúcar em excesso. Sabe-se que o exercício, em particular, melhora a sensibilidade à insulina, reduz os níveis de estresse, suprime a grelina (hormônio da fome), acelera o metabolismo, reforça os ossos e melhora o humor.

Pode ser muito difícil dizer não aos doces, principalmente se você já os consome diariamente, mas, acredite em mim, depois que você sentir os efeitos da redução do consumo de açúcar no seu corpo, tudo valerá a pena.


Fonte:

http://portuguese.mercola.com/sites/articles/archive/2016/09/28/vicio-acucar.aspx

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Exposição à Luz Artificial e Benefícios da Melatonina

Problemas de sono
19 Março de 2013
Por Dr. Mercola

Ler até dormir ou enviar mensagens de texto até altas horas da madrugada pode aumentar o risco de ter câncer? Com certeza. Expor-se à luz artificial durante a noite impede que o seu corpo produza um hormônio importante chamado melatonina.
A melatonina atua na prevenção do câncer, fortalecendo o sistema imunológico, e pode até mesmo desacelerar o envelhecimento celular; na verdade, ela já foi assunto de pesquisas pré-clínicas em mais de 100 aplicações de doenças diferentes. Ela é o "super-herói noturno" do seu corpo, e a luz é seu inimigo número 1.
Nos últimos cem anos, aproximadamente, o mundo desenvolvido vem realizando um experimento ilimitado consigo mesmo, estendendo os dias e encurtando as noites, em um esforço para tornar-se uma sociedade de produção contínua, 24 horas por dia.
Mas a poluição luminosa gerada pelas tecnologias modernas está impondo um alto preço biológico para os seres humanos e para outras formas de vida no planeta.
Por mais de 200.000 anos, os humanos e outras formas de vida aprimoraram órgãos que aproveitavam as dicas ambientais. Desenvolvemos um relógio biológico controlado pelos ciclos de luz e escuridão da Terra.
A iluminação artificial atrapalha o seu relógio biológico e a produção de melatonina, causando efeitos indesejados à sua saúde. Como disse o Dr. Russel Reiter na apresentação acima, "a luz pode estar matando você".

O lado sombrio da noite

Nos seres humanos, assim como em todos os mamíferos, o relógio biológico reside no núcleo supraquiasmático (NSQ) do cérebro, que faz parte do hipotálamo. Baseado nos sinais de luz e escuridão, o NSQ avisa a glândula pineal quando é hora de secretar a melatonina.
A luz penetra nos olhos e viaja pelos nervos ópticos até o NSQ, que é extremamente sensível aos ciclos de luz e escuridão.
Quando você liga uma luz à noite, você envia imediatamente ao seu cérebro informações erradas sobre o ciclo luz-escuridão. A única interpretação da luz pelo seu cérebro é de que é dia. Ao acreditar que o dia chegou, seu relógio biológico instrui a glândula pineal a parar de produzir melatonina naquele instante.
Não importa se a luz está acesa por uma hora ou por um segundo, o efeito é o mesmo — e a produção de melatonina não é reativada quando você desliga a luz.
Como os seres humanos evoluíram perante o brilho da luz do fogo, os comprimentos de onda amarelo, laranja e vermelho não suprimem a produção de melatonina do mesmo modo que os comprimentos de onda branco e azul. Na verdade, o intervalo de luz que inibe a melatonina é razoavelmente pequeno: de 460 a 480 nm.
Se você quer proteger sua melatonina, quando o sol se pôr, escolha uma lâmpada de baixa potência e de luz amarela, laranja ou vermelha. O Dr. Reiter recomenda o uso de uma lâmpada de sal iluminada por um bulbo de 5 watts neste intervalo de cores.

Os sólidos benefícios da melatonina à saúde

O hormônio melatonina produz diversos benefícios para a saúde em termos de sistema imunológico. É um potente antioxidante e eliminador de radicais livres que ajuda a combater as inflamações. De fato, a melatonina é tão essencial ao seu sistema imunológico que a falta dela causa a atrofia da glândula timo, um componente-chave do sistema também.
A melatonina pode até mesmo exercer a função de desacelerar o envelhecimento do seu cérebro.
Além de ajudá-lo a adormecer e oferecer uma sensação geral de conforto e bem-estar, a melatonina mostrou ter um conjunto incrível de benefícios contra o câncer. A melatonina inibe a proliferação de diversos tipos de células cancerígenas e ainda aciona a apoptose (autodestruição) dessas células.
O hormônio também interfere no fornecimento de sangue novo que os tumores exigem para seu crescimento rápido (angiogênese). A melatonina pode melhorar a eficácia e reduzir a toxicidade da quimioterapia aplicada ao câncer.

Melatonina pode ser o pior pesadelo do câncer de mama

Pesquisas revisadas e publicadas por colegas mostraram que a melatonina oferece alta proteção, principalmente, contra os tipos de câncer de rápida reprodução. As células em todo o seu corpo, até mesmo as células cancerígenas, têm receptores de melatonina.
Portanto, quando a melatonina faz suas rondas noturnas, a divisão das células é desacelerada. Descobriu-se que quando esse hormônio se agarra a uma célula de câncer de mama, ele neutraliza a tendência do estrogênio de estimular o crescimento das células.
Na verdade, a melatonina tem um efeito calmante sobre vários hormônios reprodutores, o que pode explicar por que ela parece proteger contra os tipos de câncer causados por hormônios sexuais, como o câncer de ovário, de mama, de próstata e de testículo. O GreenMedInfo lista vinte estudos que mostram exatamente como a melatonina exerce seus efeitos de proteção contra o câncer de mama.
Mas os efeitos anticâncer da melatonina não param por aí. Enquanto faz com que as células cancerígenas se autodestruam, a melatonina também aumenta a produção de substâncias estimuladoras do sistema imunológico, como a interleucina-2, que ajuda a identificar e atacar as células mutantes que causam câncer. Com essas duas ações, a melatonina aplica um golpe duplo!
A maior área de pesquisa sobre melatonina até agora está relacionada ao câncer de mama. Alguns dos estudos mais impressionantes incluem o seguinte:

  • A revista Epidemiology publicou que o risco de câncer de mama é maior entre mulheres que trabalham predominantemente à noite
  • As mulheres que moram em bairros com muita iluminação à noite têm maior probabilidade de ter câncer de mama do que as que moram em áreas onde prevalece a escuridão noturna, segundo um estudo israelense
  • Segundo participantes do Nurses' Health Study, descobriu-se que as enfermeiras que trabalhavam à noite tinham índices 36% maiores de câncer de mama
  • As mulheres cegas, cujos olhos não conseguem detectar luz e, portanto, têm alta produção de melatonina, apresentam índices de câncer de mama abaixo da média
  • Quando o órgão de estudos epidemiológicos é considerado em sua totalidade, as mulheres que trabalham à noite apresentam índices de câncer de mama 60% acima do normal, mesmo quando outros fatores, como diferenças na dieta, são levados em conta

Melatonina melhora a longevidade de pacientes com câncer

O glioblastoma é uma forma cruel e agressiva de tumor cerebral com baixo prognóstico e relativamente fora do caminho dos tratamentos eficazes. No entanto, a melatonina pode oferecer alguma esperança. Em um teste clínico, os pacientes com glioblastoma receberam radiação e melatonina ou somente radiação.
Vinte e três por cento dos pacientes que receberam melatonina viveram um ano a mais, enquanto nenhum dos que receberam apenas radiação estavam vivos ainda.
Outro estudo revelou que a melatonina reduziu o crescimento do câncer de próstata. Os estudos mostram resultados animadores parecidos em relação ao câncer de pulmão, pâncreas, colorretal e outros tipos.
Um artigo na Life Extension Magazine apresenta uma tabela resumindo estudos com índices de sobrevivência de um ano ao câncer que foram amplamente aumentados quando a melatonina era uma modalidade de tratamento. Autores de uma análise sistemática da melatonina no tratamento de todos os tipos de câncer concluíram:

"Os efeitos foram consistentes na dosagem de melatonina e no tipo de câncer. Nenhum efeito adverso grave foi relatado. A redução significativa no risco de morte, os fracos efeitos adversos e os custos baixos relacionados a esta intervenção sugerem um alto potencial da melatonina no tratamento do câncer".
Devido à força da pesquisa científica, em 2007, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou a decisão de classificar o trabalho em turnos como um "provável carcinógeno". Isso coloca o trabalho noturno na mesma categoria de riscos à saúde que a exposição a substâncias químicas tóxicas, como o tricloroetileno, o cloreto de vinila e as bifenilas policloradas (PCBs).
Se isso não é prova da importância da melatonina para a saúde humana, então eu não sei o que é!

Como melhorar seus níveis de melatonina

Dois fatores comuns de interferência ambiental que podem prejudicar o sono são a poluição luminosa e a temperatura. As seguintes sugestões podem melhorar a qualidade do seu sono e ajudá-lo a otimizar sua produção de melatonina.

  • Evite assistir TV ou usar o computador à noite, pelo menos cerca de uma hora antes de ir para a cama. Esses aparelhos emitem uma luz azul, que engana seu cérebro, fazendo com que ele pense que ainda é dia. Geralmente, seu cérebro começa a secretar a melatonina entre 21h e 22h, e esses aparelhos emitem uma luz que pode conter esse processo.
  • Certifique-se de expor-se ao sol FORTE regularmente. Em termos gerais, sua glândula pineal produz melatonina ao considerar o contraste da exposição ao sol forte durante o dia e a total escuridão à noite. Se você fica no escuro durante todo o dia, ela não consegue perceber a diferença e não irá melhorar sua produção de melatonina.
  • Durma na escuridão total, ou o mais próximo possível disso. Mesmo a mínima quantidade de luz no quarto pode atrapalhar seu relógio biológico e a produção de melatonina da sua glândula pineal. Até mesmo o ínfimo brilho do rádio-relógio pode interferir no seu sono, então tape seu rádio à noite ou livre-se dele. Coloque todos os aparelhos elétricos a pelo menos 90 cm da sua cama. Sugerimos cobrir as janelas com cortinas normais ou blecaute.
  • Instale uma lâmpada de baixa potência e de luz amarela, laranja ou vermelha se precisar de uma fonte de iluminação para orientação à noite. A luz nessas frequências não interrompe a produção de melatonina da mesma forma que a luz das frequências branca e azul. As lâmpadas de sal são práticas para essa finalidade.
  • Mantenha a temperatura do seu quarto em até 21 graus Celsius. Várias pessoas mantêm suas casas bem quentes (principalmente os quartos do andar superior). Os estudos mostram que a temperatura ambiente ideal para o sono é entre 15 e 20 graus.
  • Tome um banho quente 90 a 120 minutos antes da hora de dormir. Isso aumenta a temperatura corporal interna e, quando você sai do banho, ela cai repentinamente, indicando que seu corpo está pronto para dormir.
  • Evite usar alarmes altos. Ser acordado com susto toda manhã pode ser muito estressante. Se você estiver dormindo o suficiente, com regularidade, talvez nem precise de um despertador.
  • Tome um pouco de sol pela manhã, se possível. Seu sistema circadiano precisa de luz forte para ser reiniciado. Dez a 15 minutos de luz solar pela manhã são capazes de enviar uma mensagem forte ao seu relógio interno de que o dia chegou, reduzindo as chances de confusão com os sinais de luz mais fracos durante a noite. É necessária mais exposição à luz solar à medida que você envelhece.
  • Fique atento aos campos eletromagnéticos no seu quarto. Eles podem atrapalhar sua glândula pineal e a produção de melatonina, e podem ter outros efeitos biológicos negativos também.

Você deve compensar com suplemento de melatonina?

A atual pesquisa científica indica que a deficiência de melatonina pode surgir juntamente com alguns prejuízos biológicos importantes, como níveis mais altos de inflamação, um sistema imunológico enfraquecido e maior risco de contrair câncer.
Uma das maneiras mais seguras de comprometer a produção natural de melatonina do seu corpo é através da exposição à luz artificial à noite — mesmo que por um curto período. Diversos estudos revelaram que os trabalhadores noturnos têm índices mais altos de câncer, principalmente câncer de mama.
A suplementação pode ser benéfica, porém fazer com que o seu corpo produza sua própria melatonina é MUITO mais benéfico e menos caro com certeza. Dessa forma, você obterá a dosagem "perfeita" de melatonina para você, a dose ideal, nem muito, nem pouco, pois o seu corpo usará importantes ciclos de feedback para ajustar a dose com precisão.
Se, por algum motivo, você não puder aumentar a produção de melatonina naturalmente, conforme descrito acima, então você poderá considerar o uso de suplementos, porém ainda seria interessante seguir a lista de sugestões.

Estudos científicos mostraram que a melatonina ajuda as pessoas a adormecer mais rapidamente e a continuar dormindo, a sofrer menos inquietação e a evitar a fadiga diurna. Lembre-se de que é necessária apenas uma mínima dose — normalmente, 0,25 mg ou 0,5 mg para começar, podendo ajustá-la a partir disso.
A ingestão de doses mais altas, como 3 mg, pode, às vezes, deixar você mais acordado do que com sono, então ajuste sua dose com cuidado.

OBS minha, Sílen:
Esta melatonina é de 1 mg e dá p dividir em 4 partes por ser tablete, gerando 4 pedaços de 0,25 mg.

Leia também: Iluminação Artificial e a Redução da Produção de Melatonina


Fonte:

http://portuguese.mercola.com/sites/articles/archive/2016/07/20/beneficios-melatonina.aspx

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Compras Abaixo de US$ 100 Estão Isentas de Imposto em Três Estados

correios-tributado-receita-federal 

17/06/2016.

Uma decisão da Justiça Federal definiu que mercadorias abaixo de US$ 100 estão isentas de cobrança de imposto de importação pela Receita Federal em três estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. A medida, tomada no dia 27 de maio, é do juiz federal Antônio Fernando Shenkel do Amaral e Silva da Turma Regional de Uniformização (TRU) dos Juizados Especiais Federais (JEFs) da 4ª Região, com sede em Porto Alegre. A decisão cabe recurso.

Até então, uma portaria do Ministério da Fazenda e a Instrução Normativa da Secretaria da Receita Federal definiam a isenção para compras de até 50 dólares, desde que o remetente e o destinatário sejam pessoas físicas. Para o magistrado, a portaria e a instrução normativa "extrapolaram os limites.


Segundo o juiz federal “o estabelecimento da condição de o remetente ser pessoa física e a limitação da isenção a produtos de até 50 dólares não têm respaldo" em um decreto, de 1980, que  que estabelece a tributação simplificada das remessas postais internacionais.

A questão veio à tona por uma moradora de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, que teve sua mercadoria importada por correspondência, de valor inferior 100 dólares, tributada pela Receita Federal. Em seguida, ela ajuizou ação na Justiça Federal de Porto Alegre contra a exigência do imposto.

A 10ª Vara Federal julgou a ação e manteve a tributação sobre os produtos que ultrapassavam a cota de 50 dólares. A autora recorreu e a 5ª Turma Recursal (TR) do Rio Grande do Sul manteve a sentença. Ela então ajuizou uniformização da decisão - para garantir a isenção para produtos de até 100 dólares - para os estados de abrangência do Tribunal Regional Federal da 4ª Região: Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.


Consultado pelo Tecnoblog, o advogado Raphael Rios Chaia, especialista em direito eletrônico, diz que a notícia é boa: “Uniformizar entendimento significa que unificaram a jurisprudência. Significa que essa vai ser a recomendação a todos os tribunais e juízes daqui para frente”, explica.

A uniformização vale apenas para os estados compreendidos pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, uma vez que somente o Superior Tribunal de Justiça (STJ) teria o poder de uniformizar o entendimento em todo o território brasileiro. Ainda assim, há boas expectativas porque a decisão “tende a se espalhar a outros TRF”, segundo o advogado.

O consumidor que for tributado em encomendas internacionais abaixo de US$ 100 pode entrar na Justiça contra a cobrança do imposto de importação pela Receita Federal. Com a uniformização do entendimento, será mais fácil derrubar a taxa. “É uma recomendação, não uma regra, mas já é um bom começo”, diz Chaia.


Aprenda como comprar na Iherb.com aqui

Fontes:

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2016/06/compras-abaixo-de-us-100-estao-isentas-de-imposto-em-tres-estados.html

https://tecnoblog.net/197295/compras-abaixo-100-dolares-imposto-importacao/

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Sua Canela é a Verdadeira ou é a Cassia?


 A canela verdadeira é normalmente rotulada como "canela do Ceilão" e vem principalmente do Sri Lanka, Índia, Madagascar e Caribe. A cassia, por outro lado, é muitas vezes designada como "canela chinesa" ou "canela de Saigon" e vem principalmente da Indonésia, China, Vietnã, Japão e Coreia.

Tanto a canela cassia como a canela verdadeira são muitas vezes rotuladas com o mesmo nome na América do Norte. A versão verdadeira, Ceilão, é mais cara, possui um leve tom de marrom, um pó mais fino e tem um aroma mais doce. Ao comprar as canelas em pau, em geral, a cassia será mais grossa e as duas extremidades se enrolam uma em direção a outra, em vez de ser enrolada em uma única direção.

A canela é uma das especiarias mais antigas e populares e tem sido usada há milênios tanto por seu aroma quanto por suas qualidades medicinais. No antigo Egito, foi utilizada para preencher cavidades corporais de cadáveres como um agente de embalsamamento. Na Roma antiga foi considerada tão valiosa que o imperador Nero queimou uma provisão de um ano todo na pira do funeral de sua esposa como prova de sua devoção a ela.

A canela Ceilão é mais cara e mais difícil de encontrar na América do Norte, onde a maioria das especiarias rotuladas de canela são, na verdade, o tipo mais barato, cassia. Mais doce, mais leve e mais refinada do que cassia, a canela verdadeira é mais adequada para aromatizar sobremesas.

Além do sabor, a distinção mais importante entre as duas especiarias, no entanto, é nos seus níveis de cumarina, o composto natural que atua como um anticoagulante quando ingerido.


A canela encontrada no Brasil não é a verdadeira, do Ceilão, porém a cassia também apresenta alguns benefícios: 
  • ela possui níveis mais elevados de cumarina do que a verdadeira, tendo propriedades anticoagulantes e de afinamento do sangue que usada na situação adequada poderia salvar vidas. Pacientes que tomam medicamentos para afinar o sangue, como a varfarina (nome comercial Coumadin) são muitas vezes, aconselhados a limitar sua ingestão de canela, mas isso geralmente se aplica mais a Cássia do que à canela verdadeira. Grandes doses de canela também não devem ser utilizadas antes de cirurgias, durante a menstruação intensa, ou em qualquer situação em que possa ocorrer uma grande quantidade de sangramento.
  • ambas canelas contêm manganês que é um mineral importante na ativação de enzimas essenciais para a formação de ossos saudáveis, bem como em outros processos fisiológicos, incluindo o de carboidratos e do metabolismo da gordura. 
  • ambas são muito boas fontes de fibra dietética, ferro e cálcio. A combinação de cálcio e fibras é útil na redução do risco de câncer de cólon, na redução dos níveis de colesterol e para aliviar a prisão de ventre ou diarreia.
Fontes:


11 Incríveis Benefícios à Saúde Utilizando o Bicarbonato de Sódio

salt spoon 
Artigo de 12 de outubro de 2016.

Por Dr. Mercola
 
O bicarbonato de sódio é um item básico em várias casas utilizado para assar e limpar – mas é bem provável que você não esteja aproveitando totalmente tudo o que ele tem a oferecer.

Por exemplo, você sabia que existe uma ampla gama de usos medicinais para o bicarbonato de sódio, tais como para remover farpas dos dedos ou escovar os dentes?
Ele se encontra na mesma posição que o peróxido de hidrogênio (água oxigenada sem conservantes parabenos) como uma das ferramentas mais baratas e seguras para a saúde (você pode comprar uma caixa inteira de bicarbonato de sódio por cerca de "R$ 2,00"), então é interessante aprender o máximo possível sobre as inúmeras utilizações do bicarbonato de sódio.

Breve história do bicarbonato de sódio

Na sua forma natural, o bicarbonato de sódio é conhecido como nacolita, que faz parte do mineral natural natrão. O natrão contém grandes quantidades de bicarbonato de sódio e é usado desde a antiguidade. Os egípcios, por exemplo, usavam o natrão como sabão para limpeza.
Mais tarde, histórias curiosas contavam que várias civilizações usavam formas de bicarbonato de sódio para fazer pão e outros alimentos que precisavam crescer.
No entanto, foi somente em 1846 que o Dr. Austin Church e John Dwight começaram a fabricar e vender o composto que conhecemos hoje como bicarbonato de sódio.

Na década de 1860, o bicarbonato de sódio aparecia nos livros de receita e, na década de 1930, ele era amplamente anunciado como "um agente médico comprovado". Em 1972, surgiu a ideia de manter uma caixa de bicarbonato de sódio no refrigerador e isso virou moda…levante a mão se você também tem uma caixa no refrigerador!
O bicarbonato de sódio foi popularizado pela marca Arm & Hammer há mais de 150 anos e embora muitas pessoas estejam cientes de suas qualidades versáteis na cozinha e no lar, poucas pessoas sabem que ele também apresenta poderosas propriedades medicinais.

Bicarbonato de sódio ajuda a combater gripes e resfriados

Algumas pessoas acreditam que quando ingerido, o bicarbonato de sódio pode ajudar a manter o equilíbrio do pH na corrente sanguínea. Essa é provavelmente a premissa básica por trás dos usos recomendados contra os sintomas de resfriados e gripes. No livreto "Arm & Hammer Baking Soda Medical Uses" (Usos medicinais do bicarbonato de sódio da Arm & Hammer), publicado em 1924, o Dr. Volney S. Cheney relata seus sucessos clínicos com o bicarbonato de sódio no tratamento de gripes e resfriados:
"Em 1918 e 1919, durante o combate à 'gripe' com o Serviço de Saúde Pública dos Estados Unidos, fiquei sabendo que praticamente nenhuma pessoa que havia sido totalmente alcalinizada com bicarbonato de sódio havia contraído a doença, e aquelas que contraíram, se alcalinizadas no início, apresentaram invariavelmente ataques leves.
Desde então, tenho tratado todos os casos de resfriado e gripe receitando primeiramente doses generosas de bicarbonato de sódio e, em vários casos, os sintomas desapareceram totalmente dentro de 36 horas.
Além disso, na minha própria casa, antes dos Clubes de Mulheres e Associações de Pais e Mestres, defendi o uso do bicarbonato de sódio como preventivo contra resfriados; como consequência, diversos relatórios agora afirmam que as pessoas que ingeriram bicarbonato de sódio não foram afetadas, enquanto que quase todas as outras ao redor delas ficaram gripadas.
Não há total certeza sobre a validade da melhoria do pH em relação ao mecanismo de ação do bicarbonato de sódio, já que na minha experiência clínica, tenho usado o ácido clorídrico com frequência para ajudar as pessoas a se recuperarem quase que instantaneamente de infecções agudas. É óbvio que isso empurra o pH na direção oposta, porém os dois parecem funcionar, sugerindo que o modo de ação seja outro que não mediado pelo pH.

A administração é bem fácil e relativamente inofensiva, mesmo se você não apresentar melhora nos sintomas de resfriado. Basta dissolver a quantidade recomendada de bicarbonato de sódio em um copo com água fria e beber. As doses recomendadas pela Arm & Hammer Company para resfriados e gripes em 1925 eram:
  • 1º dia – Beba 6 doses de ½ colher de chá de bicarbonato de sódio dissolvida em um copo de água fria, aproximadamente a cada 2 horas
  • 2º dia – Beba 4 doses de ½ colher de chá de bicarbonato de sódio dissolvida em um copo de água fria, a cada 2 horas
  • 3º dia – Beba 2 doses de ½ colher de chá de bicarbonato de sódio dissolvida em um copo de água fria de manhã e à noite, e depois disso, ½ colher de chá dissolvida em um copo de água fria todas as manhãs até que os sintomas do resfriado desapareçam

Mais 11 usos medicinais do bicarbonato de sódio

Você ficará surpreso com a grande quantidade de remédios que se pode obter com uma caixa de bicarbonato de sódio. Entre eles:

  1. Queimação, Indigestão e Dor da úlcera: A maioria dos antiácidos vendidos sem (receita médica) contêm alguma forma de bicarbonato. O bicarbonato funciona através da neutralização imediata do ácido estomacal, ajudando a aliviar a azia, indigestão e até mesmo a dor da úlcera.eu mesmo já o recomendei a várias pessoas, inclusive parentes, e me surpreendi com sua incrível eficácia. A dose é geralmente ½ colher de chá totalmente dissolvida em ½ copo de água, tomada a cada 2 horas (não tome mais do que 7 ½ colheres de chá em 24 horas, ou 3 ½ colheres de chá, se você tiver mais de 60 anos). Isso só deve ser usado como um tratamento ocasional (não crônico) e tenha cuidado para não consumir quantidades excessivas que podem causar graves desequilíbrios nos eletrólitos e alterações do equilíbrio ácido-base.
  2. Remoção de farpas: adicione 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio a 1 copo de água pequeno e mergulhe a área afetada duas vezes por dia. Várias farpas sairão sozinhas depois de alguns dias usando esse tratamento.
  3. Remédio para queimaduras solares: adicione ½ xícara de bicarbonato de sódio à água morna da banheira e entre na banheira para obter alívio natural. Quando sair, deixe a pele secar ao ar livre (em vez de tirar o excesso do bicarbonato com a toalha) para obter alívio ainda maior. Também é possível adicionar uma mistura de bicarbonato de sódio e água a uma compressa fria e aplicá-la diretamente na queimadura solar.
  4. Desodorante: se deseja evitar os parabenos e o alumínio encontrados em diversos desodorantes e antitranspirantes, experimente uma pitada de bicarbonato de sódio misturada com água. Essa pasta simples transforma-se em um desodorante natural simples e eficaz.
  5. Melhor desempenho esportivo: os maratonistas há muito tempo usam uma prática conhecida como "doping de sódio" (ingestão de cápsulas de bicarbonato de sódio) antes das corridas para melhorar o desempenho, uma medida que parece funcionar de modo semelhante ao carregamento de carboidratos. Embora eu não sugira que você experimente isso em casa, é outro exemplo dos benefícios do bicarbonato de sódio. Os pesquisadores observaram:
         "Essencialmente, o bicarbonato de sódio é uma substância alcalina que aumenta o pH do sangue. Este parece reduzir e compensar a acidez produzida nos músculos durante o exercício aeróbico intenso que produz ácido láctico muito rapidamente, tais como na corrida rápida ou natação."
  6. Creme dental contra placas e gengivite: para obter um creme dental de grande eficácia, misture seis partes de bicarbonato de sódio com uma parte de sal marinho. Coloque em um liquidificador e misture por 30 segundos, depois despeje em um recipiente e está pronto para usar. Mergulhe a ponta do dedo indicador e coloque uma pequena quantidade da mistura de sal e bicarbonato na gengiva. Comece com a gengiva superior externa e depois com a parte interna da gengiva superior; passe para a gengiva inferior externa e depois para a gengiva inferior interna, esfregue a mistura nos dentes e gengivas. Cuspa o excesso. Depois de 15 minutos, enxágue a boca. Essa mistura é incrivelmente eficaz para matar bactérias. Você precisa ter um pouco de cuidado aqui, pois muitos acreditam que o bicarbonato de sódio pode ser muito abrasivo ao seu esmalte dental e Dr. Curatola acredita que matar o microbioma oral pode ser altamente contraproducente.
  7. Picadas de inseto e hera venenosa: aplique uma pasta composta por bicarbonato de sódio e água nas picadas de inseto para aliviar a coceira. Tente esfregar o pó seco sobre a pele também. Isso também é eficaz nas erupções com coceira e contra hera venenosa. O bicarbonato de sódio ajuda a aliviar pequena irritação de pele e coceira através da neutralização de toxinas e substâncias irritantes na superfície da sua pele.
  8. Clareador dental: para obter uma maneira natural de clarear os dentes, esmague um morango maduro e misture-o com 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio. Espalhe a mistura nos dentes e deixe agir por cinco minutos. Depois escove os dentes e enxágue. Esse método não deve ser usado mais do que uma vez por semana, já que o uso em excesso pode causar danos ao esmalte do dente.
  9. Imersão para pés: coloque 3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio em um recipiente com água morna para preparar uma revigorante imersão para pés.
  10. Esfoliante: uma pasta feita de 3 partes de bicarbonato de sódio e 1 parte de água pode ser usada como esfoliante para rosto e corpo. É natural, barata e suave o suficiente para uso diário.
  11. Banho de desintoxicação: o bicarbonato de sódio e a vinagre de maçã fazem um maravilhoso banho de spa para acabar com as dores e desintoxicar. E ainda por cima limpam a banheira e o ralo!

O bicarbonato de sódio é excelente para limpeza da casa também

Depois de guardar uma caixa de bicarbonato de sódio no armário de remédios, coloque uma no armário da cozinha abaixo da pia, uma no banheiro e outra junto com os produtos de limpeza...
  • O bicarbonato de sódio é ótimo para esfregar no banheiro e na cozinha. Coloque-o em um recipiente de vidro de queijo ralado com uma tampa de aço inoxidável que tenha furos, pulverize o bicarbonato nas superfícies e esfregue. Se quiser, adicione algumas gotas do seu óleo essencial preferido. Os óleos essenciais de lavanda e melaleuca (ou tea tree) possuem potentes propriedades antibacterianas.
  • O bicarbonato de sódio misturado com vinagre de maçã é uma combinação espumante que apresenta diversos usos. Como limpador de ralos, pulverize o bicarbonato de sódio no ralo, adicione vinagre de maçã e deixe borbulhar por 15 minutos, depois enxágue com água quente. Essa é uma alternativa mais segura do que os perigosos produtos desentupidores.
  • Mergulhe panelas e potes na água quente com bicarbonato de sódio por 15 minutos para remover facilmente restos de alimentos assados.
  • Use bicarbonato de sódio para esfregar a grelha da churrasqueira.
  • Limpe os brinquedos de bebê com uma mistura de 4 colheres de sopa de bicarbonato de sódio e 1 litro de água.
  • O bicarbonato de sódio também pode ser usado como amaciante ou para deixar suas roupas mais brancas e brilhantes (adicione uma xícara à máquina de lavar roupas).
  • O bicarbonato de sódio é um produto natural de limpeza de carpetes. Pulverize no carpete e deixe agir por 15 minutos, depois passe o aspirador de pó.
  • Para polir prata sem usar produtos tóxicos de polimento, encha a pia da cozinha com água quente, acrescente uma folha de alumínio e bicarbonato de sódio e deixe as peças de prata imersas até que fiquem limpas. É uma maneira fácil e divertida de limpar objetos de prata.
  • Coloque um pouco de bicarbonato de sódio nos sapatos para obter um desodorante natural.
  • Caso alguma panela pegue fogo na cozinha, use o bicarbonato de sódio para abafar as chamas.
Nada mal por apenas R$ 2,00, não acha?

OBS minha, Sílen:
-No Brasil, o bicarbonato de sódio não é tão barato quanto nos EUA, nem convertendo para real (como no artigo) e também não é encontrado tão facilmente em grandes quantidades, mas seu uso vale a pena. Para a limpeza geral, compro o meu de 2 Kg em lojas de produtos de piscinas por aproximadamente R$ 15,00 e para uso interno ou na pele, utilizo os vendidos em farmácias que apresentam um grau de pureza superior.

Fonte:

http://portuguese.mercola.com/sites/articles/archive/2016/10/12/bicarbonato-remedio-natural.aspx

http://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2015/02/02/11-health-benefits-baking-soda.aspx